Em onde-investir / poupanca

Poupança perde R$ 2 bilhões em outubro

Vale lembrar que desde setembro foi acionada a regra que altera o rendimento da poupança

poupança porquinho quebrado
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Os brasileiros tiraram mais dinheiro da poupança do que depositaram do mês de outubro, o que resultou em um saldo negativo de R$ 2,0007 bilhões na poupança, conforme dados do Banco Central. Apesar do saldo negativo, foi o melhor desempenho para o mês desde 2014, com R$ 173,1 bilhões em depósitos e R$ 175,1 bilhões em saques. 

No total, a poupança tinha patrimônio de R$ 695,2 bilhões em outubro. Vale lembrar que desde setembro foi acionada a regra que altera o rendimento da poupança. Essa regra foi instituída em maio de 2012 e, desde então, todos os depósitos feitos a partir desta data têm rendimento diferenciado: quando a Selic está acima de 8,5%, a poupança rende 0,5% ao mês e, abaixo desse patamar, os ganhos caem para 70% da Selic +TR.

Com a Selic em 7,50% ao ano, patamar atual, as contas da poupança passam a ter rendimento de 70% da Selic + TR, o que corresponde a um ganho mensal de 0,43%, e segue sem sofrer qualquer tipo de tributação.

O baixo retorno da poupança comparado a aplicações semelhantes é um dos principais motivos que levam os poupadores a migrarem para outros investimentos e, diante da queda de rentabilidade, analistas veem o Tesouro Direto, especialmente o título atrelado à Selic, como uma alternativa tão segura quanto a poupança. 

Por mais que a diferença pareça pequena, em um primeiro momento, ao longo dos anos ela cresce exponencialmente. "Há um tempo atrás assessorei um casal que estava relutante em sair da poupança por julgar que a diferença no rendimento era pequena, mas após colocarmos tudo na ponta do lápis, o diferencial na rentabilidade era capaz de levá-los à Europa", conta Daniel Zamboni, assessor de investimentos na Br Investe. 

 

Contato