Em onde-investir

As ações podem ter melhor desempenho em determinada época do ano?

Para especialistas, basear-se em eventos sazonais para escolher ações de determinada empresa não é uma boa estratégia

SÃO PAULO – Comprar ações de empresas ligadas ao varejo, próximo do Natal, ou de companhias aéreas, perto das férias, na expectativa de que estes eventos possam valorizar o preço dos papéis. Será que esta é uma boa estratégia de investimentos?

Apesar de parecer fazer algum sentido, os profissionais de mercado ressaltam que as ações podem até ter uma variação maior em determinada época do ano, mas o investidor não deve nunca se basear nisso para definir sua opção de compra.

“Em alguns casos, pode ser que as ações sejam influenciadas por exemplo, por um aumento de demanda nas férias (no caso das companhias aéreas, por exemplo), mas eu não recomendo este tipo de análise. Da mesma maneira que pode haver um aumento na demanda, ela pode ficar abaixo das estimativas e frustrar o mercado”, afirma o operador de mercado da WinTrade, Gustavo Migliano.

O diretor do Easynvest, Amerson Magalhães, ressalta que os eventos sazonais que podem influenciar no desempenho dos papéis costumam ser precificados antes, com as próprias expectativas do mercado. “No caso das verejistas, por exemplo. Existe uma expectativa de crescimento ou redução de vendas no Natal e isso já está no preço das ações”, acredita o profissional.

O estrategista da Futura Investimentos, Adriano Moreno, concorda. “Os preços das ações são influenciados por outras coisas, como a aversão ao risco ou pelo momento econômico atual, não pelas questões de sazonalidade”, pontua o profissional.

Divulgação do balanço
De acordo com os profissionais, esperar a época de balanços para comprar ações de uma empresa também não é uma boa ideia. Isto porque, na maioria dos casos, o mercado também já precificou determinado resultado por meio das expectativas.

E, quando esta precificação não acontece previamente, também existe a possibilidade de o resultado desagradar e os papéis perderem valor.

“Existe muita especulação em relação aos balanços. Muitas vezes, quando o balanço vem bom, as ações já subiram antes mesmo da divulgação”, afirma Moreno.

Análise
De acordo com todos os profissionais, a decisão de compra do investidor não deve nunca ser baseada em questões sazonais, com possíveis dados favoráveis por conta de algum evento, em determinada época do ano.

“Eu considero esse tipo de análise uma 'furada'", ressalta Migliano, da Wintrade. “Geralmente esse período é muito curto, não vale a pena de jeito nenhum comprar ações e deixar na carteira apenas por conta disso”, aconselha.

 

Contato