Mark Mobius diz que ameaça da inflação não desaparecerá tão cedo

Na avaliação do gestor, tal cenário favorece mercados emergentes, que crescerão em ritmo mais rápido do que países desenvolvidos nos próximos anos

Bloomberg

Publicidade

(Bloomberg) — O investidor veterano Mark Mobius diz que as maiores gestoras de ativos do mundo podem estar subestimando a durabilidade da inflação após a onda recorde de impressão de dinheiro para combater a pandemia de Covid-19.

Isso pode resultar em um problema particularmente nos Estados Unidos, onde a inflação crescente pesará sobre a moeda de reserva global, disse Mobius, que fundou a Mobius Capital Partners depois de três décadas na Franklin Templeton Investments. Ao mesmo tempo, a aceleração da alta dos preços deve apoiar o rali das matérias-primas, mesmo com o índice Bloomberg Commodity já próximo do nível mais alto desde julho de 2015, disse.

Tal cenário favorece mercados emergentes, que crescerão mais rápido do que países desenvolvidos nos próximos anos, disse Mobius. Ações chinesas e indianas, recentemente impactadas pela venda de papéis de tecnologia bem como pela mais recente onda de Covid-19, parecem particularmente atraentes, disse Mobius à Bloomberg TV. Ainda assim, o investidor se mostra cauteloso quanto à rotação total para ações valor.

Oferta Exclusiva

CDB 150% do CDI

Invista no CDB 150% do CDI da XP e ganhe um presente exclusivo do InfoMoney

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“Com a continuidade das taxas de juros baixas, parâmetros normais como relação preço/lucro não são um bom guia de onde você deve estar”, disse Mobius, em entrevista no Cairo. “Os números a serem observados são o retorno sobre o capital e o rendimento de dividendos. Mas acho que é preciso ter uma combinação de valor e crescimento.”