Justiça acata pedido da TOV e suspende leilão de carteira de clientes

Ainda não foi divulgado o motivo e nem estipulada uma data para outro leilão.

Diego Lazzaris Borges

Publicidade

SÃO PAULO – O controlador da TOV Corretora, Fernando Heller, entrou com mandado de segurança para solicitar a suspensão do leilão de carteira de clientes que aconteceria nesta quarta-feira (7), às 17h. O mandado foi aceito e o leilão suspenso. Ainda não foi divulgada uma nova data.

Segundo informações de uma fonte próxima ao caso, Heller pede três mudanças no edital do leilão: diminuição do prazo para que a TOV receba o valor da instituição vencedora, de 90 dias para entre 1 e 3 dias. Aumento do valor mínimo da carteira de clientes – o preço mínimo não foi divulgado. E que o leilão seja feito de forma aberta desde o início, e não com envelopes fechados.

O leilão seria feito para decidir a instituição que receberia os clientes que tinham conta na corretora, liquidada pelo Banco Central (BC) no último dia 7.  O edital de concorrência obtido pelo InfoMoney informava que as corretoras interessadas apresentariam as propostas com o valor que estariam dispostas a pagar pela carteira de clientes da TOV. Os envelopes seriam abertos na presença de todos os participantes interessados, que poderão então melhorar suas propostas.

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

Jaqueta XP NFL

Garanta em 3 passos a sua jaqueta e vista a emoção do futebol americano

Após o resultado do leilão, os clientes da TOV serão comunicados por e-mail e por carta sobre a instituição vencedora.  No entanto, a transferência da conta para a corretora que vencer o leilão dependeria da concordância de cada cliente.

Diego Lazzaris Borges

Coordenador de conteúdo educacional do InfoMoney, ganhou 3 vezes o prêmio de jornalismo da Abecip