SUPER LIVES Elena Landau (economista e ex-diretora do BNDES) e Cassiana Fernandez (economista-chefe do JP Morgan) debatem o cenário econômico e a agenda de reformas no Brasil

Elena Landau (economista e ex-diretora do BNDES) e Cassiana Fernandez (economista-chefe do JP Morgan) debatem o cenário econômico e a agenda de reformas no Brasil

fundos de investimento

Fundos: participação de investidores de varejo cai pela metade em 6 anos

Em 2006, os investidores de varejo representavam 28,1% do PL, número que caiu para 15,2% em maio deste ano

 SÃO PAULO – A participação dos investidores de varejo nos fundos de investimentos caiu quase pela metade em 6 anos, de acordo com dados da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais).

Em 2006, os investidores de varejo representavam 28,1% do patrimônio líquido (PL) total da indústria (R$ 269 bilhões de um total de R$ 958 bilhões. Já até maio de 2012, esse montante chegou a 15,2% (R$ 316,46 bilhões de um total de R$ 2.080 bilhões).

Na mesma direção, a participação dos Fundos de Pensão também recuou no período. No ano de 2006 o segmento representava 23,4% e neste ano chegou apenas a 17,6%, diferença de 5,8 pontos percentuais.

Crescimento na participação
Dentre os que viram sua participação aumentar, se destacaram os segmentos de Private, Corporate e EAPC (Entidade Aberta de Previdência Complementar).

O primeiro passou de 10,3% para 13,9%, totalizando um crescimento de 3,6 pontos percentuais. Já o segmento Corporate registrou aumento de 1,8 ponto percentual, diferença de 14,8% em 2006 e 16,6% em 2012.

O segmento EAPC foi o que mais cresceu nos últimos seis anos, com 4,4 pontos percentuais. Em 2006, esses fundos representavam 10,1% e até o mês de maio deste ano a participação atingiu 14,5%.