Em onde-investir / fundos-de-investimento

Conheça os fundos mais rentáveis do Brasil de cada segmento e invista

Para quem ainda não possui experiência com investimentos, os fundos de investimento podem ser a salvação

Ações em alta
(ShutterStock)

SÃO PAULO – Para quem ainda não possui experiência com investimentos ou simplesmente não tem tempo para acompanhar o desempenho de suas aplicações diariamente, os fundos de investimento podem ser a salvação. Neste tipo de investimento, um gestor faz todo o trabalho de acompanhamento para o investidor, que só colhe os frutos em troca de taxas de performance e administração.

O ranking de fundos do InfoMoney é dividido em 6 categorias: ações, cambial, multimercado, curto prazo, referenciado e renda fixa. Confira abaixo o fundo que trouxe a maior rentabilidade dos últimos 12 meses em cada uma delas.

Ações
O fundo de ações mais rentável do Brasil, atualmente, é o Bradesco Fundo de Investimento em Ações BB Seguridade, que rendeu 52,68% nos últimos 12 meses. Ele investe em ações setoriais e exige uma aplicação mínima de apenas R$ 200, que também é o mínimo de movimentação e de saldo.

A cotização do fundo do Bradesco é D1, assim como a de resgate, e a liquidação é em D4, sem carência ou multa para resgate antecipado. O fundo cobra uma taxa de administração de 1,5% e, desde a sua inauguração, em 02 de maio de 2013, já acumulou R$ 23,9 milhões de 1.659 cotistas.

A sua rentabilidade neste mês é de -9,38% até o momento, no ano é de 36,16%, em seis meses de 37,07%, em 12 meses de 52,68% e, no acumulado, 98,13%. 

Cambial
O fundo cambial mais rentável do Brasil, atualmente, é o BB Cambial Dólar LP 100 mil Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento, que rendeu 8,54% nos últimos 12 meses. Ele exige uma aplicação inicial de R$ 100 mil, uma movimentação mínima de R$ 2 mil e R$ 5 mil de saldo mínimo.

A cotização do fundo é D0, assim como a de resgate e a liquidação, sem carência ou multa para resgate antecipado. O fundo cobra uma taxa de administração de 0,8% e, desde a sua inauguração, em 24 de março de 2005, já acumulou R$ 377,31 milhões de 776 cotistas.

A sua rentabilidade neste mês é de 6,29% até o momento, no ano é de 0,87%, em seis meses de 1,39%, em 12 meses de 8,54% e, no acumulado, 152,77%.

Multimercado
O fundo multimercado mais rentável do Brasil, atualmente, é BTG Pactual Index Bolsa EUA Fundo de Investimento Multimercado, que rendeu 29,38% nos últimos 12 meses. Ele exige uma aplicação mínima de R$ 50 mil, com um mínimo de movimentação de R$ 25 mil e um saldo mínimo de R$ 10 mil.

A cotização do fundo é D0, assim como a de resgate, e a liquidação é em D1, sem carência ou multa para resgate antecipado. O fundo cobra uma taxa de administração de 1% e, desde a sua inauguração, em 1º de agosto de 2013, já acumulou R$ 23,31 milhões de 67 cotistas.

A sua rentabilidade neste mês é de 6,67% até o momento, no ano é de 12,76%, em seis meses de 12,21%, em 12 meses de 29,38% e, no acumulado, 25,33%. 

Curto Prazo
O fundo de curto prazo mais rentável do Brasil, atualmente, é o Sicredi – Fundo de Investimento Liquidez Curto Prazo, que rendeu 10,36% nos últimos 12 meses. Ele não possui uma aplicação mínima.

A cotização do fundo é D0, assim como a de resgate e a liquidação, sem carência ou multa para resgate antecipado. O fundo também não cobra taxa de administração e, desde a sua inauguração, em 31 de agosto de 2006, já acumulou R$ 6,36 bilhões de 10 cotistas.

A sua rentabilidade neste mês é de 0,62% até o momento, no ano é de 7,59%, em seis meses de 5,38%, em 12 meses de 10,36% e, no acumulado, 50,40%. 

Referenciado
O fundo Referenciado DI mais rentável do Brasil, atualmente, é o BB Top Referenciado DI DPGE 2 Fundo de Investimento Longo Prazo Crédito Privado, que rendeu 11,11% nos últimos 12 meses. Ele não exige uma aplicação mínima.

A cotização do fundo do Bradesco é D0, assim como a de resgate, e a liquidação, sem carência ou multa para resgate antecipado. O fundo não cobra uma taxa de administração e, desde a sua inauguração, em 11 de março de 2010, já acumulou R$ 232,58 milhões de 11 cotistas.

A sua rentabilidade neste mês é de 0,65% até o momento, no ano é de 8,12%, em seis meses de 5,80%, em 12 meses de 11,11% e, no acumulado, 58,23%.

Renda Fixa
O fundo de renda fixa mais rentável do Brasil, atualmente, é o Western Asset Inflation II Renda Fixa FI, que rendeu 13,44% nos últimos 12 meses. Ele não exige uma aplicação mínima.

A cotização do fundo é D0, assim como a de resgate, e a liquidação. O fundo não cobra uma taxa de administração e, desde a sua inauguração, em 16 de janeiro de 2006, já acumulou R$ 58,54 milhões de 38 cotistas.

A sua rentabilidade neste mês é de -1,54% até o momento, no ano é de 14,43%, em seis meses de 13,18%, em 12 meses de 13,44% e, no acumulado, 180,07%.

Confira aqui o ranking completo de fundos do InfoMoney.

 

Contato