Em onde-investir / fundos-de-investimento

Onde os milionários brasileiros investiram em abril

De acordo com dados da Anbima, dos R$ 361,059 bilhões investidos por esses cliente na indústria de fundos no mês de abril, 46,76% se encontravam nos fundos multimercados 

notas e moedas de real
(Getty Images)

SÃO PAULO - Os clientes private (com investimentos acima de R$ 1 milhão) preferem investir seus recursos nos fundos classificados como multimercados. De acordo com dados da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), dos R$ 361,059 bilhões investidos por esses cliente na indústria de fundos no mês de abril, 46,76% (R$ 168,843 bilhões) se encontravam nos fundos multimercados.

Acompanhe a cotação de todos os fundos imobiliários negociadoa na bolsa

Em seguida, aparecem os fundos do tipo renda fixa com 17,50% (R$ 63,193 bilhões) aplicados no mês passado. E em terceiro lugar ficaram os fundos de ações, com 13,96% (R$ 50,393 bilhões).

Os clientes milionários dos bancos também investiram em fundos DI (10,33%) e em fundos de participações (6,3%). Fundos exclusivos fechados, fundos imobiliários e FIDCs (Fundo de Direitos Creditórios) representaram 2,1%, 1,3% e 1,3%. Por fim, os fundos de curto prazo representaram 0,3% dos investimentos na indústria de fundos pelos clientes do segmento private.

Investidores de varejo
Já os investidores de varejo se posicionaram de maneira mais conservadora. Dos R$ 362,248 bilhões investidos no quarto mês do ano, 44,19% (R$ 160,078 bilhões) estavam alocados nos fundos de renda fixa, segundo dados da Anbima.

Os fundos do tipo Referenciado DI aparecem como segunda opção desses investidores com 29,91% (R$ 108,353 bilhões) das aplicações. E na terceira posição estão os fundos multimercados com 10,32% (R$ 37,401 bilhões).

 

Contato