Primeiros Passos

Fundo imobiliário é ideal para quem sai da renda fixa em busca de mais retorno, diz trader 

O trader e professor de finanças Eduardo Becker participou na última sexta-feira do programa Fundos Imobiliários

SÃO PAULO – O investidor que está insatisfeito com o baixo rendimento das aplicações em renda fixa e quer diversificar a carteira com produtos um pouco mais arriscados – e com retorno maior – tem uma boa opção nos fundos imobiliários.

A opinião é do trader e professor de finanças Eduardo Becker, que participou na última sexta-feira (21) do programa Fundos Imobiliários,  apresentado por Arthur Vieira de Moraes –  professor do InfoMoney Educação e especialista em fundos imobiliários. 

PUBLICIDADE

“A renda fixa vai se tornar cada vez menos atraente por conta da taxa de juros baixa. Se o país melhorar, obviamente vamos entrar em um nível de taxas de juros [ainda mais] baixo. Os fundos imobiliários são o primeiro passo para quem quer sair da renda fixa”, disse Becker. 

Para ele, a vantagem dos FIIs em relação à renda fixa é que além de ter os juros (com nome de dividendos), o valor da cota pode aumentar. “A cota do fundo pode até perder valor, mas [a oscilação] é relativamente menor do a das ações.  Nunca vi a cota de um fundo perder 70% como acontece com algumas ações”, continuou o trader. 

Invista em fundos imobiliários com taxa ZERO: abra uma conta gratuita na XP!