MERCADOS AO VIVO Governo cancela anúncio do novo Auxílio Brasil, diz Bloomberg; Ministério da Cidadania ainda não comunicou nova data

Governo cancela anúncio do novo Auxílio Brasil, diz Bloomberg; Ministério da Cidadania ainda não comunicou nova data

InfoMoney Responde

Fiz uma poupança para minha filha e outra para aposentadoria; Tesouro Direto é melhor?

Eduardo Senra Coutinho, CFP, planejador financeiro certificado pelo IBCPF, responde a pergunta de leitor do InfoMoney

Saving

Pergunta: Gostaria de solicitar um auxílio sobre meus investimentos. Neste ano iniciei depósitos em duas poupanças, uma para minha filha, pensando na sua faculdade, ou mesmo para outros objetivos assim que ela completar 18 anos – hoje ela tem 2 anos.  A outra poupança fiz para mim e minha esposa pensando em nossa aposentadoria. Atualmente estamos com 34 anos e penso em usufruir desta economia a partir dos 60 anos.

O valor depositado em ambas poupanças fica em torno de R$ 50,00, mais as moedas que guardamos mensalmente, totalizando em torno de R$ 25,00 que são depositados na poupança da minha fillha. Pretendemos aumentar este valor de depósito de acordo com o crescimento da nossa renda e também após pagar algumas dívidas/empréstimos.

A pergunta é se este é o melhor que faço ou se, por exemplo, comprar títulos do Tesouro Direto seria a melhor opção?

Leitor: João Paulo

Resposta de Eduardo Senra Coutinho, CFP, planejador financeiro certificado pelo IBCPF

Em primeiro lugar gostaria de elogiar sua decisão. Pensar no seu bem estar e de sua filha no futuro é uma decisão muito sábia. E quanto antes vocês começarem é melhor. Mas vamos a sua pergunta. No momento, você tem 26 anos pela frente para a sua aposentadoria e 16 anos até que sua filha chegue aos 18 anos.  A opção do Tesouro Direto certamente é uma opção melhor que a caderneta de poupança. Como você deve saber, a poupança rende hoje 0,5% a.m. mais a TR, o que hoje (24/07/2014) representa um rendimento de 0,6206% ao mês livre de impostos e tarifas. A NTN-B principal com vencimento em 2035 apresenta hoje um rendimento de 5,92% ao ano mais a correção pelo IPCA. Mesmo descontando as tarifas pagas quando se investe no Tesouro Direto e o imposto de renda devido, a rentabilidade alcançada deve exceder algo em torno de 0,10% ao mês a remuneração da poupança. Embora possa parecer pouco, essa diferença ao longo de muitos será significativa.

Eduardo Senra Coutinho é planejador financeiro pessoal e possui a certificação CFP® (Certified Financial Planner), concedida pelo Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF). 

As respostas refletem as opiniões do autor. O IBCPF e o Infomoney não se responsabilizam pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso destas informações.

Perguntas devem ser encaminhadas para onde_investir@infomoney.com.br

PUBLICIDADE