FIIs registram 73 mil novos investidores em agosto, elevando total no ano a 328 mil

LASC11 recebe proposta para vender shopping por R$ 190 milhões; Ifix fecha em leve queda de 0,12%

Ana Paula Ribeiro

Publicidade

O mês de agosto registrou 73 mil novos investidores em fundos de investimento imobiliários (FIIs), elevando o total nesse produto para R$ 2,327 milhão, segundo dados da B3. No acumulado do ano, são 328 mil novos investidores.

Os dados fazem parte do boletim mensal de FIIs da B3. A quase totalidade desses investidores (99,7%) é formada por pessoas físicas — os fundos imobiliários possuem isenção de Imposto de Renda (IR) sobre os rendimentos.

Por outro lado, refletindo o volume menor nos aportes, a participação das pessoas físicas cai para 75,4% na custódia, deixando investidores institucionais, que alocam mais capital, com com uma parcela de 18,3% do valores alocados em FIIs.

Planilha Gratuita

Fuja dos ativos que rendem menos com essa ferramenta gratuita

Baixe a Calculadora de Renda Fixa do InfoMoney e compare a rentabilidade dos ativos

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Ainda de acordo com o boletim, a média diária das negociações em agosto foi de R$ 261 milhões, acima dos R$ 251 milhões do registrado em julho e dos R$ 246 milhão de igual mês de 2022.

Os dados mostram também que os fundos Kinea Rendimentos Imobiliários (KNCR11), Kinea Ínices de Preços (KNIP11), CSHG Logística (HGLG11), Maxi Renda (MXRF11) e o Kinea Renda Imobiliária (KNRI11) foram os mais negociados no mês passado, com 16,5% do total.

No período de 12 meses, sai da lista o KNRI11 e entra o Capitania Securities (CPTS11). Juntos, esses cinco fundos responderam por 18,5% dos negócios.

Continua depois da publicidade

Ifix hoje

Na sessão desta terça-feira (19), o Ifix – índice dos fundos imobiliários mais negociados na Bolsa – fechou em leve queda de 0,12%, aos 3.229 pontos. Confira os demais destaques do dia.

Maiores altas desta terça-feira (19):

Ticker Nome Setor Variação (%)
RZAT11 Riza Arctium Real Estate Híbrido +2,52
KFOF11 Kinea FoF FoF +1,92
BTRA11 BTG Pactual Terras Agrícolas Agro +1,43
TEPP11 Tellus Properties Lajes corporativas +1,41
LGCP11 LOGCP Inter Logística +1,39

Maiores baixas desta terça-feira (19):

Ticker Nome Setor Variação (%)
HTMX11 Hotel Maxinvest Hotel -4,02
JSAF11 JS Ativos Financeiros Multiestratégia -2,20
RECR11 REC Recebíveis Títulos e Val. Mob. -2,10
KNRI11 Kinea Renda Imobiliária Híbrido -1,55
SNFF11 Suno FoF FoF -1,52

Fonte: B3

LASC11 recebe proposta para vender shopping por R$ 190 milhões

O fundo Legatus Shopping (LASC11) recebeu proposta de compra do Parque Shopping Belém, um dos imóveis da carteira, segundo fato relevante divulgado na noite de segunda-feira (18).

O LASC11 detém 49% do Shopping Belém, que é um dos três ativos da carteira. De acordo com o fato relevante, o interessado solicitou que seu nome não fosse divulgado, mas o interesse é na fatia de 49%.

O valor oferecido é de R$ 190 milhões, sendo R$ 9,5 milhões à vista e R$ 180,5 milhões mediante entrega de novas cotas, no âmbito de uma oferta pública.

A Legatus Gestora de Recursos informou que irá avaliar a proposta para posteriormente submeter a uma assembleia de cotistas.

M8 registra nova inadimplência e distribuição de rendimentos será afetada

O M8 Fundo de Investimento Imobiliário comunicou que registrou uma nova inadimplência em um dos imóveis de seu fundo. A falta de pagamento está relacionada a um imóvel na Vila Suzana, que está alugado para uma escola.

“Até a presente data, o fundo não recebeu o pagamento do aluguel referente à competência do mês de julho/2023, devido pela locatária Escola Equilíbrio. Dessa forma, a distribuição de rendimentos do fundo foi impactada negativamente em, aproximadamente, R$ 2,47 por cota.

Em fato relevante, o BTG Pactual Serviços Financeiros, que atua como administrador, informou que o fundo cobrará da locatária multa e encargos devidos.

RBVA11 fará nova emissão de até R$ 300 milhões para comprar novos ativos

O Rio Bravo Renda Varejo irá fazer uma nova emissão de cotas, que inicialmente terá o valor de até R$ 300 milhões. Os recursos levantados serão utilizados na compra de imóveis considerados alvo.

De acordo com fato relevante divulgado pela Rio Bravo Investimentos, administradora do fundo, serão emitidas até 2,774 milhões de cotas, chegando ao valor de R$ 300 milhões. O montante não considera a taxa de administração.

O valor da cota foi fixado em R$ 108,12. Com os custos da emissão, chegará a R$ 112,14. Para a oferta ser concretizada, é necessário que alcance ao menos R$ 10 milhões. Se houver necessidade, está previsto um lote adicional de até 25% do total.

Quem for detentor das cotas do fundo em 28 de setembro terá direito de preferência, mas o calendário da oferta ainda não foi divulgado.

XPLG11 aumenta área alugada em complexo logístico no Galeão

O XP LOG (XPLG11), administrado pela Vórtx, fez um aditivo no contrato de locação do condomínio logístico Syslog Galeão, localizado no Rio de Janeiro, para expansão da área alugada.

O prazo do contrato é de 34 meses. A vacância física dos imóveis do Fundo será reduzida de 4,3% para 3,9% — menor patamar desde junho de 2020.

A receita acumulada bruta do contrato, considerando a soma dos recebíveis relativos aos 24 meses de competência contados da data de início do prazo locatício da expansão, é estimada em R$ 0,0376 por cota. A partir do 25º mês, o valor é de R$ 0,0027 por cota.

HGBS11 passa a fazer parte de índice internacional

O fundo Hedge Brasil Shopping (HGBS11) informou que passou a fazer parte do índice internacional FTSE Global All-Cap, segundo fato relevante divulgado pela administradora, Hedge Investiments.

O FII entrou no índice em 15 de setembro, de acordo com o documento.

Dividendos hoje

Confira os FIIs que distribuem dividendos nesta terça-feira (19):

Ticker Rendimento Retorno
CPFF11 R$ 0,70 0,90%
IRDM11 R$ 0,74 0,89%
MGFF11 R$ 0,55 0,81%
RBRF11 R$ 0,55 0,65%
RBRR11 R$ 0,65 0,72%
RBRY11 R$ 1,20 1,18%

Fonte: StatusInvest

Newsletter

Liga de FIIs

Receba em primeira mão notícias exclusivas sobre fundos imobiliários

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Ana Paula Ribeiro

Jornalista colaboradora do InfoMoney