Liga de FIIs

FIIs que pagam acima de 1% ao mês? Quatro fundos com fôlego para manter percentual ao longo de 2022

Na lista estão o Urca Prime (URPR11), Valora Hedge (VGHF11), Kinea Índices de Preços (KNIP11) e o HSI Ativos Financeiros (HSAF11)

Por  Wellington Carvalho -

Em tempos de juros e inflação em alta, o tão sonhado rendimento de 1% ao mês tem se tornado cada vez mais acessível ao investidor. Em março, pelo menos 38 fundos imobiliários tiveram retorno acima desse percentual. Mas, melhor do que rendimento passado é o potencial de ganho futuro. Quais FIIs têm folego para manter o ritmo?

O assunto foi destaque na edição desta terça-feira (12) do Liga de FIIs, com apresentação de Maria Fernanda Violatti, analista da XP, Thiago Otuki, economista do Clube FII, e Wellington Carvalho, repórter de fundos imobiliários do InfoMoney.

No programa, os especialistas selecionaram quatro fundos imobiliários com capacidade de manter a taxa de retorno mensal com dividendos acima de 1% nos próximos meses. São eles: Urca Prime Renda ( URPR11), Valora Hedge Fund (VGHF11), Kinea Índices de Preços ( KNIP11) e o HSI Ativos Financeiros ( HSAF11).

Além do retorno com dividendos, Maria Fernanda e Otuki analisaram o portfólio dos fundos, o risco e o P/VPA (preço sobre valor patrimonial) das carteiras. Quanto mais próximo de 1 estiver o indicador P/VPA de um fundo, mais perto a cota está do seu valor considerado justo. Um indicador acima de 1 sinaliza que o papel está sendo negociado com ágio e, abaixo deste nível, com desconto.

Enquanto o HSI Ativos Financeiros está mais próximo do valor justo da cota, o Urca Prime Renda tem o maior retorno mensal com dividendos da lista, 1,52%. Confira outras informações:

TickerFundo Retorno com dividendos mensalRetorno com dividendos 12 mesesP/VPA
( URPR11Urca Prime Renda1,52%19,52%1,11
(VGHF11Valora Hedge Fund1,38%15,94%1,09
( KNIP11Kinea Índices de Preços1,33%16,12%1,05
HSAF11)HSI Ativos Financeiros1,21%13,05%1

Fonte: InfoMoney – 13/04/22

Descubra o passo a passo para viver de renda com FIIs e receber seu primeiro aluguel na conta nas próximas semanas, sem precisar ter um imóvel, em uma aula gratuita.

Urca Prime Renda ( URPR11)

Focado em certificados de recebíveis imobiliários (CRI), o Urca Prime Renda liderou a lista dos fundos que mais pagaram dividendos em 2021 e segue firme na relação dos maiores pagadores deste ano.

Nos últimos 12 meses, a taxa de retorno com dividendos da carteira alcançou 19,52%. A última distribuição repassou R$ 1,65 por cota, equivalente a um retorno mensal de 1,40%. Na página do Urca Prime Renda no InfoMoney, é possível acompanhar o comportamento dos repasses:

Evolução da taxa de retorno de dividendos mensal do FII URPR11

Fonte: InfoMoney

Na avaliação de Otuki, o fundo tem uma boa perspectiva para 2022, mas é um FII voltado para o investidor que tem um pouco mais de apetite ao risco.

“No portfólio do fundo, há CRIs que pagam IGP-M mais 12% ou IPCA mais 16%”, afirma Otuki, que se refere ao rendimento elevado das operações do fundo. Quanto mais alto o retorno, mais elevado é o risco de crédito, alerta o economista.

Em função da emissão anunciada pela carteira na última sexta-feira (8), Otuki prevê também um pouco mais de volatilidade na cotação do Urca Prime Renda nos próximos dias. A cota do fundo caiu quase 5% na primeira sessão após a divulgação da oferta, de R$ 461 milhões.

Valora Hedge Fund (VGHF11)

O Valora Hedge Fund tem se destacado nos últimos meses ao liderar a lista dos maiores pagadores de dividendos em fevereiro e março.

Em doze meses, o retorno com dividendos do Valora Hedge Fund está em 15,94%. Na última distribuição, o fundo depositou R$ 0,14 por cota aos investidores, o que equivale a um retorno mensal de 1,34%. No final de 2021, o percentual bateu 1,80%.

Evolução da taxa de retorno de dividendos mensal do FII VGHF11

Fonte: InfoMoney

O Valora Hedge Fund já estava na lista dos FIIs que pagavam dividendos acima da taxa básica de juros da economia nacional, a Selic, atualmente em 11,75% ao ano.

Otuki destaca o perfil multiestratégia do fundo, que pode investir em CRI, cotas de outros FIIs, fundos de investimento em direitos creditórios (FIDC), fundo de investimento e participações (FIP), além de debêntures imobiliárias e ações de empresas listadas na Bolsa.

“A flexibilidade permite mudar a alocação de acordo com o cenário da economia, aproveitando oportunidade tanto de ganho de capital como de renda”, avalia.

Atualmente, 15% da carteira do fundo está focado na estratégia de ganho de capital, com ações de empresas de shoppings e incorporadoras.

Kinea Índices de Preços ( KNIP11)

A terceira sugestão dos especialistas do Liga de FIIs é o Kinea Índices de Preços, um dos maiores fundos do mercado em patrimônio líquido – mais de R$ 7 bilhões.

A taxa de retorno com dividendos do fundo, em 12 meses, está em 16,12%. Nesta quarta-feira (13), o Kinea Índices de Preços depositou R$ 1,35 por cota, equivalente a um retorno mensal de 1,33%.

Evolução da taxa de retorno de dividendos mensal do FII KNIP11

Fonte: InfoMoney

Maria Fernanda, da XP, aponta que o Kinea Índices de Preços tem a carteira majoritariamente indexada a índices de inflação, se beneficiando com a elevação dos preços.

Em março, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 1,62%, maior resultado para o mês desde 1994, antes da implantação do Real. Nos últimos meses, o indicador acumula alta de 11,30%.

Mesmo com um eventual e esperado arrefecimento da inflação no médio prazo, Maria Fernanda mantém perspectiva positiva para o fundo, que conta com um portfólio de qualidade e de baixo risco, afirma a analista.

Maria Fernanda pondera também que o fundo é voltado para investidores qualificados, que possuem mais de R$ 1 milhão de patrimônio.

HSI Ativos Financeiros ( HSAF11)

Assim como o Kinea Índices de Preços, o HSI Ativos Financeiros também tem um portfólio predominantemente indexado a índices de inflação e deve capturar a atual pressão inflacionária.

Em 12 meses, a taxa de retorno com dividendos do fundo está em 13,05%. A última distribuição da carteira repassou R$ 1,15 por cota, montante equivalente a um retorno mensal de 1,21%, de acordo com a página do HSI Ativos Financeiros no InfoMoney.

Evolução da taxa de retorno de dividendos mensal do FII HSAF11

Fonte: InfoMoney

Ainda entre os atrativos do HSI Ativos Financeiros, Maria Fernanda destaca que o fundo está negociando próximo do valor justo da cota, considerando o P/VPA.

Você pode rever a edição desta terça-feira (12) do Liga de FIIs, que apresenta mais informações e análises sobre os quatro fundos imobiliários selecionados.

Produzido pelo InfoMoney, o Liga de FIIs vai ao ar todas as terças-feiras, às 19h, no canal do InfoMoney no Youtube. Você pode conferir todas as edições do programa.

Descubra o passo a passo para viver de renda com FIIs e receber seu primeiro aluguel na conta nas próximas semanas, sem precisar ter um imóvel, em uma aula gratuita.

Compartilhe