FII XPML11 anuncia maior dividendo da história do fundo

E mais: captações dos FIIs avançaram 20% em 2023, aponta Anbima

Wellington Carvalho

Publicidade

O FII XP Malls (XPML11) vai depositar em janeiro R$ 0,92 por cota para os seus quase 410 mil investidores, aponta comunicado ao mercado divulgado pela carteira. Nominalmente, é o maior rendimento já distribuído pelo fundo.  

Para efeito de comparação, em dezembro, a carteira havia distribuído R$ 0,90 por cota, valor já superior ao patamar observado no segundo semestre de 2023 – que variou entre R$ 0,83 e R$ 0,85.

O rendimento de janeiro do XPML11 será pago na próxima quinta-feira (25) e representa um dividend yield (taxa de retorno com dividendos) de 0,79%. Em 12 meses, o percentual está em 8,63%.

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

CDB 150% do CDI

Invista no CDB 150% do CDI da XP e ganhe um presente exclusivo do InfoMoney

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Com uma área bruta locável (ABL) própria de 143 mil metros quadrados, o fundo está em operação desde dezembro de 2017 e tem hoje participação em 16 shopping centers em cidades de quatro regiões do País.

Ifix hoje:

Na sessão desta sexta-feira (19), o Ifix – índice dos fundos imobiliários mais negociados na Bolsa – opera no campo positivo. Às 10h27, o indicador registrava alta de 0,03%, aos 3.331 pontos. Confira os demais destaques do dia.

Maiores altas desta sexta-feira (19)

Continua depois da publicidade

FundoSegmentoVariação (%)
HCTR11Recebíveis1,95
KCRE11Recebíveis1,22
PATL11Logística0,70
BRCR11Híbrido0,66
RECT11Híbrido0,62
StatusInvest

Mairoes baixas desta sexta-feira (19)

FundoSegmentoVariação (%)
XPIN11Recebíveis-1,46
XPML11Recebíveis-1,28
ALZR11Logística-1,07
BARI11Híbrido-0,76
GTWR11Híbrido-0,64
StatusInvest

Captações dos FIIs avançaram 20% em 2023, aponta Anbima

As captações dos fundos imobiliários aumentaram 20,9% em 2023, aponta levantamento da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). De acordo com o estudo, foi o maior avanço entre 10 produtos analisados.

No ano passado, os FIIs captaram R$ 29,9 bilhões, acima do montante de R$ 24,7 observado em 2022. Além dos fundos imobiliários, Fiagros e CRAs (certificados de recebíveis do agronegócio) registraram variações positivas.

Fonte: Anbima

Ainda de acordo com o estudo da Anbima, os FIIs foram responsáveis por 213 das 1909 emissões do mercado de capitais em 2023. No ano anterior, os FIIs responderam por 216 ofertas.

A renda fixa foi, mais uma vez, o destaque do mercado, responsável por 84,9% das captações no período, com volume de R$ 394 bilhões.

Leia também:

Wellington Carvalho

Repórter de fundos imobiliários do InfoMoney. Acompanha as principais informações que influenciam no desempenho dos FIIs e do índice Ifix.