Central de FIIs

Ifix acompanha mercado e fecha em alta de 0,39%; CARE11 sobe 2,59%

Maior queda foi do HFOF11 que recuou 1,03%; FII PATC11 faz 1ª venda de imóvel e embolsará R$ 12,5 milhões

Por  Mariana Segala, Katherine Rivas -

 

Ifix – índice que reúne os fundos imobiliários mais negociados na B3- acompanhou o mercado na sessão desta sexta-feira (27). O indicador fechou em alta de 0,39%, aos 2.807 pontos.  Na véspera, o Ifix fechou em alta de 0,09%, aos 2.796 pontos.

O fundo Brazilian Graveyard and Death Care (CARE11) foi o destaque da lista das maiores altas do dia, com elevação de 2,59%. Na contramão, a maior queda foi do Hedge Top FoF II (HFOF11) que recuou 1,03% nesta sessão.

Confira os destaques de hoje:

Maiores altas do Ifix nesta sexta-feira (27):

TickerNomeSetorVariação (%)
CARE11Brazilian Graveyard and Death CareFunerário2,59%
HSML11HSI MALLShoppings2,41%
BLMG11Bluemacaw LogísticaLogística2,23%
BTRA11BTG Pactual Terras AgrícolasAgro2,01%
BPFF11Brasil Plural AbsolutoFII1,98%

Maiores baixas do Ifix nesta sexta-feira (27):

TickerNomeSetorVariação (%)
HFOF11Hedge Top FoF IIFII-1,03%
XPSF11XP SelectionFII-0,84%
BLMR11Bluemacaw Renda+ FOFFII-0,80%
MGFF11MognoFII-0,79%
GTWR11Green TowersLajes Corporativas-0,67%

Fonte: B3

Giro Imobiliário

O fundo imobiliário Pátria Edifícios Corporativos (PATC11) fechou um contrato para vender um conjunto de 450 metros quadrados no Edifício Icon Faria Lima, localizado na avenida homônima, na capital paulista, por R$ 12,5 milhões.

O pagamento será realizado em duas etapas: 15% do valor no mês de junho e 85% em julho. Esse cronograma deverá ser seguido caso condições acordadas no contrato sejam cumpridas até o dia 24 de junho. Caso o processo se estenda, as duas parcelas serão quitadas em julho.

Trata-se da primeira venda de imóvel realizada pelo PATC11, transação que, segundo fato relevante divulgado pelo fundo, “contribui com incrementos nas distribuições futuras” de rendimentos.

“Além disso, corrobora a tese de subprecificação do portfólio do fundo na Bolsa e realiza parte do lucro hoje contabilmente reconhecido em seu valor patrimonial, decorrente de reavaliações positivas”, informou a carteira.

Outros negócios realizados no segmento de lajes corporativas nos últimos meses têm jogado luz sobre o argumento do PACT11. Na semana passada, a empresa americana de investimentos imobiliários GTIS Partners vendeu 62% do edifício comercial Infinity Tower, também em São Paulo, pelo equivalente a R$ 846 milhões.

A transação foi considerada a maior venda de um ativo imobiliário individual da história do Brasil. Dados os valores envolvidos, o edifício foi avaliado em quase R$ 1,4 bilhão.

Em setembro de 2021, o fundo Bluemacaw Catuaí Triple A (BLCA11) adquiriu seis andares da torre norte do edifício Pátio Victor Malzoni, também na Avenida Brigadeiro Faria Lima. Os andares adquiridos pelo FII estavam completamente locados, sendo 66% do espaço destinado para a Google Brasil. O valor total da operação foi de R$ 364 milhões.

No caso do PACT11, o lucro referente à venda deve causar uma elevação dos rendimentos pagos aos cotistas estimada em R$ 0,10 por cota ao mês até dezembro de 2022. “Ressaltamos, no entanto, que o cálculo do volume de rendimentos a distribuir é resultado de diversas alocações e movimentações no fundo, de forma que poderá sofrer outras variações ao longo do tempo”, informa o fato relevante.

Descubra o passo a passo para viver de renda com FIIs e receber seu primeiro aluguel na conta nas próximas semanas, sem precisar ter um imóvel, em uma aula gratuita.

Compartilhe