Estoque de debêntures e notas promissórias cresce para R$ 270,4 bilhões

Isoladamente, o estoque de debêntures atingiu R$ 255,2 bilhões, aumento de 12% em relação a fevereiro de 2014

Diego Lazzaris Borges

Publicidade

SÃO PAULO – O estoque de debêntures e Notas Promissórias (instrumentos de captação corporativa) na Cetip somou R$ 270,4 bilhões no final de fevereiro, o que indica crescimento de 12% em relação ao apurado em fevereiro de 2014.

Isoladamente, o estoque de debêntures atingiu R$ 255,2 bilhões, aumento dos mesmos 12% em relação a fevereiro do ano passado. Segundo a Cetip, cerca de R$ 209,9 bilhões correspondem a emissões realizadas de acordo com a Instrução CVM 476, que simplifica o processo com a condição de esforços restritos de distribuição, e apenas R$ 45,3 bilhões por meio da Instrução CVM 400.

Já o estoque das chamadas “debêntures leasing”, emitidas por empresas de leasing de instituições financeiras, atingiu R$ 433,7 bilhões em fevereiro, com alta de 20% em relação ao mesmo período do ano passado.

Oferta Exclusiva

CDB 150% do CDI

Invista no CDB 150% do CDI da XP e ganhe um presente exclusivo do InfoMoney

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O estoque de Notas Promissórias, instrumentos utilizados para captações de curto prazo, chegou a R$ 15,1 bilhões, com alta de 11% frente a fevereiro de 2014.

Diego Lazzaris Borges

Coordenador de conteúdo educacional do InfoMoney, ganhou 3 vezes o prêmio de jornalismo da Abecip