Renda fixa

Confira os preços e as taxas dos títulos do Tesouro Direto nesta terça-feira

Investidores monitoraram novo lockdown no Reino Unido e Alemanha, eleição para o Senado nos EUA e cena política no Brasil

Calculadora e notas real
(Shutterstock)

SÃO PAULO – Os prêmios pagos pelos títulos públicos negociados no Tesouro Direto apresentavam alta na tarde manhã desta terça-feira (5).

O título indexado à inflação com vencimento em 2026 pagava uma taxa anual de 2,43%, ante 2,33% ontem.

A taxa oferecida pelo mesmo papel com vencimento em 2045, por sua vez, era de 3,47% ao ano, contra 3,41% anteriormente.

Leia também:
Renda fixa em 2021: como investir em ano com alta de juros, inflação e temor fiscal?

Entre os títulos prefixados, o prêmio do papel com vencimento em 2023 era de 4,45% nesta tarde, contra 4,34% na última sessão. Já o Tesouro Prefixado 2026 oferecia uma taxa anual de 6,42%, contra 6,29% a.a. ontem.

Confira os preços e as taxas dos títulos públicos nesta terça-feira (5):

Fonte: Tesouro Direto

Cena global

No cenário internacional, as atenções recaíram hoje sobre as eleições para o Senado americano no estado da Georgia. O resultado é fundamental para saber se o partido Republicano continuará a deter o controle do Senado agora que os democratas confirmaram a presidência da Câmara. Entenda mais aqui.

O noticiário de coronavírus também esteve em destaque nesta terça, após o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciar ontem um novo lockdown na Inglaterra, com início hoje, para conter a proliferação da nova cepa do vírus, que é mais contagiosa.

A medida também foi anunciada nesta terça pela chanceler da Alemanha, Angela Merkel, que determinou a extensão do lockdown em todo o país até o fim de janeiro.

Disputa pela Câmara

PUBLICIDADE

No Brasil, os investidores monitoraram a disputa pela presidência da Câmara, em eleição prevista para ocorrer no início de fevereiro, bem como o noticiário sobre vacinação contra o coronavírus.

Ontem, partidos de oposição ao presidente Jair Bolsonaro anunciaram apoio à candidatura do deputado federal e presidente do MDB, Baleia Rossi (SP), na disputa para a presidência da Câmara dos Deputados.

PT, PDT, PSB, PCdoB e Rede divulgaram nota conjunta em que listam compromissos e objetivos em comum com Rossi, “além de derrotar Bolsonaro e sua pretensão de controlar o Congresso”. Bolsonaro já anunciou apoio público à candidatura do deputado Arthur Lira (PP), líder do bloco conhecido como “centrão”, para a sucessão da Câmara.

Com o apoio obtido até o momento, Maia tem, em tese, número suficiente de votos para fazer seu sucessor. Mas, como o voto é secreto, é possível que políticos votem contrariamente à orientação de suas siglas em troca de verbas e cargos sob controle do governo, por exemplo. Isso poderia abrir espaço para a eleição do candidato apoiado por Bolsonaro.

Com relação à Covid-19, a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo confirmou ontem os dois primeiros casos de contaminação no estado com a nova variante do coronavírus, a mesma que foi identificada no Reino Unido.

O estado tem 62% dos leitos de UTI ocupados, e espera um pico de novas internações em 15 dias, como resultado de viagens e encontros das festas de final de ano.

Quer migrar para uma das profissões mais bem remuneradas do país e ter a chance de trabalhar na rede da XP Inc.? Clique aqui e assista à série gratuita Carreira no Mercado Financeiro!