Produtos esportivos

Como comprar ações da Centauro (CNTO3); passo a passo para investir

Maior varejista de produtos esportivos da América Latina abriu capital para expandir rede de lojas, fazer reformas e pagar dívidas

arrow_forwardMais sobre
IPO da Centauro em abril de 2019 (Divulgação)
IPO da Centauro em abril de 2019 (Divulgação)
Aprenda a investir na bolsa

A Centauro (CNTO3) estreou na bolsa de valores em abril de 2019 e vem atraindo cada vez mais o interesse dos investidores. Com quase 40 anos de atuação, a empresa captou R$ 772 milhões em sua oferta inicial de ações (IPO) para acelerar seu crescimento. Se você deseja investir nesta ação, vale a pena conferir algumas informações sobre a empresa e seu mercado.

O que você deve saber antes de comprar

Novata na bolsa de valores, a Centauro é uma varejista esportiva que concentra a maior parte das suas atividades – cerca de 85% – em lojas físicas. A companhia conta com mais de 195 lojas em 97 cidades brasileiras, sendo a maioria delas em shoppings.

O dono da marca Centauro é o grupo SBF, controlado por Sebastião Vicente Bomfim Filho, sócio-fundador, que possui participação de 45,6% na empresa, e pela GP Investimentos, que detém 26,3%, enquanto a parcela em circulação no mercado (free float) é de 28,1%.

O principal objetivo da empresa com seu IPO era reduzir seu nível de alavancagem (relação entre dívida líquida e geração de caixa) e acelerar a abertura de novas lojas, o que já começou a ocorrer. Vale destacar, no entanto, que a empresa ainda não distribuiu nenhum provento aos investidores.

Os resultados da Centauro são influenciados por alguns fatores específicos. Confira como o valor de mercado da companhia tem variado nos últimos trimestres:

Conheça três fatores determinantes para o negócio da Centauro:

Modelo de negócios

Para se adaptar às novas demandas do consumidor digital, a empresa está trabalhando para integrar os seus canais de venda, estratégia conhecida como omnichannel. O objetivo da companhia é que todas a lojas físicas passem a atuar como pontos de distribuição, permitindo ao cliente retirar e trocar nas lojas físicas os produtos comprados pela internet, assim como receber em casa produtos que estavam nos estoques das lojas físicas, e foram comprados na plataforma digital.

Quem acompanhar de perto os negócios da Centauro vai ouvir falar do conceito de lojas físicas Geração 5, ou G5, modelo criado pela empresa para melhorar a experiência do consumidor e avançar no omnichannel. Entre as inovações destas lojas estão a possibilidade de experimentar calçados em esteira que simula corrida em diferentes partes do mundo, a personalização de itens esportivos e o pagamento direto com o atendente.

O objetivo da empresa é migrar todas as suas lojas físicas para este modelo. Por isso, o sucesso desta estratégia e a consolidação do omnichannel serão relevantes para as ações da Centauro e devem ser acompanhadas de perto pelos investidores.

Comportamento do consumo

A Centauro é uma varejista, e por isso seu desempenho está relacionado ao poder de compra das famílias brasileiras. Quanto melhores os indicadores de renda e emprego, mais positivas serão as expectativas para o negócio, enquanto as crises econômicas vão respingar diretamente sobre os números de vendas.

O varejo esportivo é um mercado de grande porte e ainda muito pulverizado, sinal de que há espaço para a empresa ganhar participação de mercado dos concorrentes. O setor movimentou cerca de R$ 33,2 bilhões em 2017, segundo informações do prospecto da oferta da SBF. A Centauro tem uma participação de 5,5% no segmento de lojas físicas de varejo esportivo, sendo que a maior parte da sua receita está na região Sudeste.

É um negócio sazonal

Por ser uma varejista esportista, a empresa também está sujeita a variações nos seus números conforme o período do ano. Datas como dias dos pais, a Black Friday e o Natal são algumas das mais relevantes em vendas.

A Copa do Mundo também tem uma influência sobre os negócios, impactando positivamente as vendas a cada quatro anos. Por isso, quem investe neste papel deve estar preparado para variações nos padrões das vendas ao longo do tempo.

Passo a passo para comprar

Ficou com vontade de comprar ações da Centauro? Então confira um passo a passo para fazer isso com segurança.

Analise seu perfil de investidor

Comprar ações de empresas é sinônimo de enfrentar volatilidade. E o grande desafio é que os altos e baixos são muito difíceis de prever. Por isso, antes de comprar ações da Centauro, tenha certeza de que está pronto para lidar com estas variações.

Uma maneira de minimizar estes efeitos é comprar o papel e permanecer com ele no longo prazo, com a possibilidade de escolher a melhor hora para vender. Mas se você vai precisar do dinheiro no curto prazo, vai ficar sujeito às oscilações e pode precisar vender em um momento de baixa da cotação.

Pense sobre isso e imagine qual seria a sua reação se a ação tivesse um tombo durante um pregão. Também é importante pensar se tem disponibilidade para estudar sobre a empresa e quanto tempo terá para aumentar seu nível de conhecimento seus negócios.

Fique de olho na empresa

Para ter mais segurança de investir na Centauro, estude suas perspectivas de desempenho. Algumas das formas de fazer isso é acompanhar o noticiário sobre a companhia e acessar relatórios de análise oferecidos por corretoras e casas de análise.

Também é importante monitorar o comportamento dos papéis, o que pode ser feito diretamente pelo home broker. Os resultados trimestrais são uma fonte importante de informações sobre a companhia e ajudam a saber o que esperar do negócio no futuro.

Abra uma conta em uma corretora

Para comprar ou vender ações, é preciso ter uma conta em uma corretora. Existem mais de 80 instituições autorizadas pela B3. Verifique as taxas de corretagem, que são cobradas sempre que comprar ou vender uma ação – pode ser um valor fixo ou percentual sobre a operação.

Corretoras como a Clear não fazem essa cobrança. Quanto menor for esse custo, menor o impacto sobre o resultado das operações. Depois que a conta estiver aberta, envie dinheiro para a corretora por meio de uma transferência (TED ou DOC) a partir do seu banco.

Depois, acesse o home broker – sistema de negociação online – ou ligue para a mesa de operações e passe sua ordem. Nesse momento, você terá de informar quantas ações quer comprar e a que preço.

Seja sócio das melhores empresas do país: abra uma conta gratuita na Clear com taxa ZERO para corretagem!