“Cometemos muitos erros”, admite Xavier, da SPX, após fundo carro-chefe fechar ano com perdas

No acumulado de 2023, o Nimitz encerrou o ano com perdas de 1,49%

Bruna Furlani

Publicidade

Após finalizar o ano passado com um desempenho negativo no principal produto da casa, o fundo SPX Nimitz, a gestora SPX Capital, comandada por Rogério Xavier, admitiu que “cometeu muitos erros”.

No acumulado de 2023, o Nimitz encerrou o ano com perdas de 1,49%. O resultado ocorreu após um resultado extraordinário de quase 22% em 2022.

Durante painel em evento organizado pelo UBS nesta segunda-feira (29), o executivo disse que a casa se surpreendeu com a força da atividade ao redor do mundo e nos Estados Unidos.

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

Jaqueta XP NFL

Garanta em 3 passos a sua jaqueta e vista a emoção do futebol americano

“O que vimos foi uma performance exuberante da economia americana. Mesmo agora no último trimestre, eles cresceram 3,3%. É impressionante a força”, destacou Xavier, ao dizer que a surpresa da atividade americana teve impacto importante na trajetória dos mercados no ano passado.

Outra grande surpresa veio do lado da inflação. Segundo ele, a perspectiva inflacionária era de um nível mais alto e houve uma desinflação forte impulsionada pela parte de bens.

“Assim como vimos na maior parte dos países, vimos nos EUA. A inflação nos últimos nove meses nos Estados Unidos já está no target [alvo] do Fed [Federal Reserve, o banco central dos EUA]”, ponderou o executivo.