Com ETFs, Bitcoin vai se comportar melhor em Wall Street?

Os 11 ETFs aprovados nos EUA registraram um total de entradas de US$ 4,1 bilhões desde 11 de janeiro

Reuters

Publicidade

O Bitcoin (BTC) comemorou seu 15º aniversário este mês entrando em Wall Street com um estrondo efervescente. Agora, o jovem ativo pode ter que crescer rapidamente. Os investidores adotaram 11 fundos negociados em bolsa (ETFs) dos Estados Unidos, acompanhando o preço à vista do Bitcoin, que começaram a ser negociados em 11 de janeiro após receberem aprovação regulatória.

Nos dois primeiros dias de negociações, eles detinham um total de 644.860 bitcoins no valor de mais de US$ 27 bilhões, de acordo com dados da empresa de análise Glassnode. Grande parte desse valor — mais de 500.000 bitcoins — já estava no Grayscale Bitcoin Trust, que anteriormente era um fundo fechado antes de ser autorizado a ser relançado como um dos novos ETFs.

Os 11 ETFs registraram um total de entradas de US$ 4,1 bilhões desde 11 de janeiro, de acordo com dados da CoinShares.

Oferta Exclusiva

CDB 150% do CDI

Invista no CDB 150% do CDI da XP e ganhe um presente exclusivo do InfoMoney

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A entrada da maior criptomoeda do mundo no maior mercado de ações do planeta “marca o fim do início da fase de maturação e crescimento do bitcoin”, disse a Glassnode. Isso ecoou a opinião de muitos participantes do mercado, que disseram que o aumento da liquidez domaria a volatilidade do Bitcoin ao longo do tempo.

O valor total do Bitcoin negociado em bolsas de criptomoedas é de cerca de US$ 500 milhões por dia, em média, disse Brent Donnelly, operador de câmbio e presidente da Spectra Markets. Em comparação, os ETFs de Bitcoin à vista dos EUA registraram US$ 4,6 bilhões em volume em seu primeiro dia de negociação.

“Eu presumiria que, mesmo quando as coisas se normalizarem, o valor do Bitcoin negociado em dólares na NYSE será maior do que o que passa pelo blockchain”, disse Donnelly.

Continua depois da publicidade

No entanto, ainda é muito cedo para avaliar se os novos produtos de investimento em Bitcoin conseguirão manter o interesse dos investidores no longo prazo, advertiram os participantes do mercado.

Mesmo que os volumes de negociação caiam à medida que a empolgação diminui, o aumento da liquidez do mercado pode levar ao lançamento de produtos derivados que apostam na volatilidade do Bitcoin, de acordo com alguns observadores do mercado.

A forte alta nos meses que antecederam a decisão sobre os ETFs incentivou os investidores a fazer caixa, pressionando os preços. Depois de atingir um pico de dois anos de US$ 49.033 após a aprovação do ETF, a criptomoeda, conhecida por sua volatilidade, caiu 16%, para US$ 40.267. Ela permanece cerca de 40% abaixo de seu pico histórico, de US$ 69.000.