Em onde-investir / acoes

13 ações que vão "devolver" mais de 6% em dividendos aos seus acionistas

Boas pagadoras de dividendos são interessantes para quem quer garantir o pé de meia no longo prazo

Dividendos
(Shutterstock)

SÃO PAULO - A AES Tietê (TIET11) é a empresa que deve pagar a maior proporção de dividendos em 2019, segundo ranking elaborado pela XP Investimentos a pedido do InfoMoney. Os analistas estimam que a empresa pague um dividend yield de 14,20% no próximo ano.

Essa, porém, não é a única empresa que deve oferecer bons dividendos aos acionistas e garantir o pé de meia no longo prazo. Dentro do universo de cobertura da XP, outras 12 empresas devem "devolver" mais de 6% em dividendos. São elas: Taesa, Vale, Engie Brasil, Cemig, Cielo, Taesa, Cteep, CSN, JBS, Santander, Itaú Unibanco, Banco do Brasil e Fibria.

O que é o dividend yield (DY)?
Ao comprar uma ação, o acionista passa a ter o direito de receber parte dos lucros da empresa emissora do ativo. Esta parcela de lucro é chamada de provento, e é composta pelo pagamento de dividendos e juros sobre capital próprio. A relação entre os proventos pagos em dinheiro por uma empresa e a cotação das ações desta empresa na bolsa é conhecida por dividend yield. Dessa forma, se uma empresa paga muitos dividendos a seus acionistas, ela terá um alto percentual de DY, o que é um bom sinal para quem investe nela. 

Uma empresa pode pagar mais dividend yield quando a ação cai muito, como é o caso da Cielo (CIEL3). No ano, a ação recua 37,55%, mas a distribuição de dividendos pode dar um alento aos acionistas que sofreram perdas significativas. Isso porque a companhia anunciou no fim de julho que realizará o pagamento de R$ 3,5 bilhões em proventos aos acionistas, sendo R$ 1,4 bilhão em dividendos e R$ 312,5 milhões em juros sobre capital próprio. 

Outra forma do investidor ganhar dividendos é quando a companhia anuncia que irá aumentar o dividend yield, como é o caso da Engie Brasil (EGIE3). Na última semana, a elétrica anunciou o pagamento de dividendos de R$ 1,76 por ação (4,8% yield). De acordo com Gabriel Francisco, analista de utilities e energia na XP, a companhia está prestes a entrar em um "círculo virtuoso de crescimento e dividendos". 

Confira, abaixo, as melhores pagadoras de dividendos da bolsa, dentre as ações acompanhadas pela XP:

dividendos-2

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Abra uma conta na Clear

Contato