EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em onde-investir / acoes

Ações "problemáticas" deixam carteira da Rico para dar lugar a duas gigantes

Com o problema dos preços dos combustíveis ainda não sanado por completo, Petrobras e Ultrapar saem do portfólio

Investimentos
(Number1411)

SÃO PAULO - A Rico Investimentos tirou duas ações "problemáticas" de seu portfólio recomendado para junho. Saem os papéis de Petrobras (PETR4) e Ultrapar (UGPA3) e entram as gigantes Vale (VALE3) e B3 (B3SA3). 

Os papéis da Petrobras chegaram a cair mais de 30% no fim de maio com a greve dos caminhoneiros, encerrada após o governo anunciar um programa de subvenção econômica para o preço do diesel. Apesar da promessa de que o valor será ressarcido aos cofres da companhia pelo governo, a mudança em uma política de preços implantada pelo então presidente Pedro Parente em julho de 2017 assustou os acionistas. 

O pior ainda estaria por vir. Dois anos depois de tomar posse como presidente da Petrobras, Parente pediu demissão do cargo na sexta-feira (1). Em nota, o Credit Suisse afirmou que a notícia é muito negativa e lembrou que em duas coletivas realizadas na semana anterior, Parente ressaltou que deixaria o cargo se o governo interferisse na condução dos negócios da empresa, em especial na política de reajustes de preços. "Nós tememos que este pode ter sido o caso", afirmam os analistas.

A saída do executivo também colocou um alerta sobre o rating da estatal. Segundo a Moody's, o pedido de demissão de Parente é negativo para o perfil de crédito da companhia. "A saída dele pode indicar que a tendência de melhoras nas políticas financeiras da Petrobras está comprometida”, disse Nymia Almeida, vice presidente sênior na Moody’s, por meio de nota.

A Ultrapar, dono da rede de postos Ipiranga, sentiu os respingos de todo o caos trazido pela paralisação dos caminhoneiros e as ações também derreteram em meio a greve. 

Com o problema dos preços dos combustíveis ainda não sanado por completo, as duas ações saem da carteira da Rico em junho. 

"O mês de maio foi um mês atípico, não acreditamos que o cenário de estresse perdure também pelo mês de junho. Fizemos duas trocas pontuais e iremos manter grande parte da carteira sugerida ainda visando estar bastante correlacionado ao cenário nacional", justifica Roberto Indech, analista-chefe da Rico Investimentos. 

Veja as ações recomendadas pela Rico para junho:

Empresa Ticker
Vale VALE3
Via Varejo VVAR11
B3 B3SA3
Itaú ITUB4
Lojas Americanas LAME4
Suzano SUZB3
Usiminas USIM5
Rumo RAIL3

"Acreditamos que as empresas do portfólio recomendado possuem potencial para recuperarem grande parte das desvalorizações sofridas no mês anterior", avalia Indech. 

Quer montar sua carteira de ações? Clique aqui e abra sua conta na Rico

Contato