Em onde-investir / acoes

3 estratégias de Warren Buffett que podem fazer você ganhar mais dinheiro na bolsa

O Oráculo de Omaha gosta de seguir à risca sua filosofia de investimentos

Warren Buffett - Twitter
(Reprodução/Twitter)

SÃO PAULO - Warren Buffett é um dos maiores investidores de todos os tempos e muitos gestores e analistas creditam seu sucesso às suas filosofias de investimento. Além de ter uma visão de longo prazo para suas aplicações, o CEO da Berkshire Hathaway acredita na cultura das empresas e prefere investir com base em seus conhecimentos para evitar grandes riscos ao seu patrimônio. 

Pensando nisso, a CNBC listou e explicou as três melhores dicas de investimento do Oráculo de Omaha, que podem ajudar você em suas próximas operações na bolsa. Confira:

1.Círculo de competência

Buffett sabe da importância de analisar companhias que estejam dentro de sua área de expertise para evitar cometer grandes erros ao investir. Ele quer saber como que o negócio ganha dinheiro e procura por empresas que prometam ganhos no longo prazo.

Segundo ele, se um investidor não tem certeza se a empresa faz parte do seu “ciclo de competência”, então ela provavelmente não faz. “Pessoas diferentes entendem de negócios diferentes. E o mais importante é saber qual deles você entende e quando você está operando dentro do seu ‘ciclo de competência’”, escreveu Buffett em sua carta anual da Berkshire Hathaway, em 1999.

2. Comprar uma ação é comprar o pedaço de um negócio

Buffett não nasceu já sabendo investir, e mesmo após ler diversos livros de investimentos na adolescência, também teve dificuldades a princípio para ganhar dinheiro no mercado de ações. Segundo ele, tudo mudou quando leu o livro “O Investidor Inteligente”, de Ben Graham, que mostra como analisar cada compra de ação como se estivesse comprando o pedaço de um negócio, evitando dessa forma, uma distração desnecessária com a volatilidade do preço do ativo.

3. Margem de segurança

Quando Buffett analisa um investimento que acredita ser próspero, ele quer que o preço de entrada seja bem menor do que seu valor estimado para a companhia. A diferença entre os dois valores é o que ele chama de “margem de segurança”, que limita o tamanho da perda no caso de erro em suas análises ou expectativas.

“A margem de segurança significa que você não deve tentar atravessar com um caminhão de 4,44 toneladas uma ponta que diz: capacidade 4,53 ton. Mas dirija um pouco mais pela estrada e encontre uma outra ponte que diz: 6,8 ton”, escreveu Buffett em sua carta de 1996.

Quer usar os conselhos de Warren Buffett e investir? Abra uma conta na XP

 

Contato