Em onde-investir / acoes

4 ações do setor elétrico que pagam dividendos elevados, segundo a Suno Research

Composto por empresas maduras, geralmente as companhias desse setor atraem investidores dedicados à renda, como o megainvestidor Luiz Barsi 

investimentos gráficos
(Shutterstock)

SÃO PAULO – O setor elétrico é conhecido por ser tradicionalmente um segmento com menor volatilidade e menos sensível às incertezas econômicas e políticas que atingem o mercado financeiro. Além disso, ações do segmento são populares por serem boas pagadoras de dividendos.

“O setor elétrico é reconhecidamente gerador de caixa, praticamente independente do ambiente econômico. Diversas empresas deste segmento pagam dividendos sem interrupções desde a criação do Plano Real”, afirma Tiago Reis, fundador da Suno Research, em um artigo sobre o tema.

Composto por empresas maduras, geralmente as companhias desse setor atraem investidores dedicados à renda, como o megainvestidor Luiz Barsi.

O setor elétrico pode ser dividido em três segmentos, geração, transmissão e distribuição, e cada um deles possui características próprias. O segmento de geração se destaca por apresentar necessidade de investimentos relevantes para iniciar a operação. Empresas como Engie e Geradora Tietê são focadas neste segmento.

O segmento de transmissão tem contratos geralmente desenhados de forma que a empresa que possui os ativos de transmissão seja remunerada pela disponibilidade do serviço e não pelo volume transportado. Este tipo de contrato garante uma receita previsível e faz deste segmento o menos arriscado dos três. Taesa e Cteep são empresas que se destacam neste setor.

O segmento de distribuição é possivelmente o mais arriscado dos três, porque é o mais sensível a volatilidade da demanda dos consumidores e tem de lidar com inadimplência do usuário. Eletropaulo e Coelce são empresas focadas na distribuição em São Paulo e no Ceará, respectivamente.

Existem empresas que atuam em mais de um segmento. Eletrobras e Cemig são empresa que possuem ativos nos três segmentos.

“Por ser um setor altamente regulado e vital para a sociedade, o investidor interessado em renda deve considerar possuir ações do setor elétrico”, destaca Reis.

O fundador da Suno destacou quatro ações do setor elétrico que se destacam por sua solidez e capacidade de pagar dividendos. Veja as escolhidas e os comentários de Tiago Reis:

Taesa (TAEE11)

É uma empresa dedicada ao segmento de transmissão de energia elétrica, sendo uma das maiores do Brasil. Atualmente a companhia segue com um endividamento controlador de cerca de 1,7x a sua geração de caixa operacional e remunera os seus acionistas em cerca de 9% ao ano em dividendos. Luiz Barsi é um importante acionista na empresa.

Engie (EGIE3)

É uma empresa dedicada ao segmento de geração de energia elétrica, que se destaca por seus ativos em hidrelétrica. Atualmente a empresa paga cerca de 6% ao ano de dividendos aos seus acionistas.

Coelce (COCE5)

É uma empresa dedicada ao segmento de distribuição de energia elétrica e é responsável pela distribuição no estado do Ceará. Atualmente paga cerca de 4% de dividendos aos seus acionistas, mas acreditamos que a empresa possa pagar mais dividendos, futuramente, dada a sua forte geração de caixa.

AES Tietê (TIET11)

É uma empresa dedicada ao segmento de geração de energia elétrica, que se destaca por seus ativos em hidrelétrica. Atualmente paga cerca de 7% de dividendos ao ano. Acreditamos que a empresa possa pagar dividendos maiores no futuro, dado que a empresa está investindo fortemente em novos projetos de geração.

Garanta sua independência financeira: abra sua conta na XP - é de graça!

 

Contato