Em onde-investir / acoes

Saiba o que fazer após a suspensão da Solidez Corretora

Corretora foi suspensa pela bolsa após um de seus administradores ser declarado inabilitado pelo Banco Central

Real
(Shutterstock)

SÃO PAULO – Em comunicado assinado por Edemir Pinto, presidente da BM&FBovespa, a bolsa determinou a suspensão por até 90 dias de novas operações da Solidez CCTVM, uma vez que um de seus administradores foi considerado inabilitado pelo Banco Central. Na prática, isso significa que a instituição financeira não poderá fazer transferências de ativos, abrir cadastros de novos clientes ou realizar novos depósitos. Ela está autorizada apenas a liquidar operações realizadas até o último dia 17 de novembro.

A orientação da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) para os clientes da corretora é de transferir posições em derivativos para outro agente de custódia, encerrar essas posições ou ainda liquidar os contratos antecipadamente. Outros ativos, como ações e títulos públicos, por exemplo, devem ser transferidos para novo agente de custódia. Além disso, outra recomendação da CVM é a de retirar ações da central depositária “o que equivale a transferi-las para o banco escriturador, onde ficarão registradas”.

A autarquia explica o passo a passo para fazer essa transferência de ativos: primeiro é necessário fazer o cadastro no custodiante de destino. Depois, o cliente precisa pedir à Solidez o formulário padrão para formalizar o pedido, nesse documento, é necessário descrever as ações e títulos a serem transferidos e informar, além dos dados pessoais, o número da conta na instituição financeira escolhida. Após isso, basta o investidor entregar o formulário assinado na Solidez. "A Solidez CCTVM Ltda, depois de analisar as informações, deverá proceder à transferência dos ativos eletronicamente", finaliza a CVM.

Ainda de acordo com a autarquia, essa transferência deve ser efetuada em, no máximo, dois dias úteis contados do recebimento, pelo custodiante, do requerimento válido formulado pelo investidor. Outros esclarecimentos poderão ser obtidos com o Serviço de Atendimento ao Público da BM&FBovespa, no telefone (11) 3272-7373.

Procurada pelo InfoMoney, a Solidez ainda não se manifestou sobre a suspensão de suas operações.

Contato