Renda fixa

Acha R$ 100 por mês pouco? Veja a força dos juros compostos em várias simulações

Aplicando R$ 100,00 por mês por 30 anos, a uma taxa de juros real de 6% a.a., o investidor irá conseguir R$ 52.721,81 a mais do que investiu (R$ 36.000,00)

SÃO PAULO – É muito comum as pessoas que não podem guardar muito dinheiro por mês pensarem que é melhor deixar o pouco que sobrou na conta ou gastar com qualquer besteira, por pensar que não adianta nada investir R$ 100,00, por exemplo.

No entanto, de acordo com Álvaro Modernell, educador financeiro e sócio da Mais Ativos, isso é um grande erro, pois, com os juros compostos, é possível fazer com que pequenas quantias aplicadas mensalmente formem um grande montante no futuro. “Albert Einstein dizia que os juros compostos são a oitava maravilha do mundo. O poder de multiplicação deles é enorme e se baseia em três variáveis: juros, capital investido e tempo, sendo que este último é o com maior peso”, explicou.

O tempo é o mais importante porque, de acordo com o especialista, quanto maior o tempo do planejamento de acúmulo dos juros compostos, mais poder se tira desse poder de multiplicação. Vale lembrar que isso e válido tanto para quem vai investir, quanto para quem está devendo. No entanto, para quem está com dívidas, a taxa costuma ser muito maior. “Dê prioridade ao tempo. Não importa o quanto tem por mês disponível para investir, se puder guardar R$ 50,00 por mês, R$ 100,00 por mês, está ótimo”, disse Modernell. “Quanto antes começar, mais vai colher. É preciso ter planejamento”, completou.

PUBLICIDADE

Claro que quanto mais o investidor puder poupar, melhor, mas o tempo é mais importante. Já em relação ao juros, é bom que ele seja alto, mas é importante sempre contar com o fato de que, quanto mais alta a taxa, maior o risco. Ou seja, dependendo no perfil do investidor, às vezes é melhor ganhar um pouco menos, visto que o foco é o longo prazo, e não ficar exposto ao risco.

Juros compostos em prática
Pensando nisso, no poder dos juros compostos, o InfoMoney fez uma simulação de quanto um investidor que tem R$ 100,00 por mês disponível para investir iria ganhar aplicando em um período de cinco, 10, 15, 20 e 30 anos. Os critérios utilizados contam com uma taxa de juros real (ou seja, já deflacionada) de 6% ao ano e já descontando os 15% de Imposto de Renda sobre os rendimentos.

O investidor que poupar R$ 100,00 por mês durante cinco anos, irá ter investido R$ 6.000,00, mas, ao final do período, terá R$ 6.920,00, já descontando a inflação e o IR.

Já o investidor que juntar a mesma quantia por 10 anos, apesar de ter aplicado R$ 12.000,00, irá resgatar R$ 15.762,46. Quem aplicar por 15 anos, terá investido R$ 18.000,00, mas irá sacar R$ 27.291,22. Quem aplicar por 20 anos, terá guardado R$ 24.000,00, mas encontrará R$ 42.414,89. Por fim, quem aplicar R$ 100,00 por mês durante 30 anos, terá investido R$ 36.000,00, mas irá resgatar R$ 88.721,81, já descontando a inflação e o IR.

Impressionante, não? Isso mostra que o fator tempo é de vital importância para esta tática de investimento, afinal, salvando míseros R$ 100,00 por mês, em 30 anos o investidor irá conseguir R$ 52.721,81 a mais do que investiu (R$ 36.000,00).

“Não se intimide pela quantia de dinheiro que tem disponível para aplicar… Simplesmente aplique, pois com a força dos juros compostos, você terá um futuro próspero e tranquilo”, finalizou Modernell.

PUBLICIDADE

Confira abaixo a tabela com todas as informações:

Aplicação MensalJuros ao AnoJuros ao MêsAnos MesesValor FinalValor InvestidoRendimento15% IRValor Final – IR
 R$ 100,00  6,00% 0,4867551% 5  60 R$ 7.082,40 R$ 6.000,00 R$ 1.082,40 R$ 162,36 R$ 6.920,04
 R$ 100,00 6,00% 0,4867551% 10  120 R$ 16.426,42 R$ 12.000,00 R$ 4.426,42 R$ 663,96 R$ 15.762,46
 R$ 100,00 6,00% 0,4867551% 15  180 R$ 28.930,84 R$ 18.000,00 R$ 10.930,84 R$ 1.639,62 R$ 27.291,22
 R$ 100,00 6,00% 0,4867551% 20  240 R$ 45.664,57 R$ 24.000,00 R$ 21.664,57 R$ 3.249,68 R$ 42.414,89
 R$ 100,00 6,00% 0,4867551% 30  360 R$ 98.025,65 R$ 36.000,00 R$ 62.025,65 R$ 9.303,84 R$ 88.721,81