Estratégias

5 estratégias para ficar rico com a bolsa de valores

Aprenda a se beneficiar tanto dos cenários positivos quanto dos negativos

Businessman attracts money with a large magnet

SÃO PAULO – O Ibovespa, principal índice da bolsa de valores, fechou acima dos 50.000 pontos na segunda-feira (12) pela primeira vez desde o dia 10 de junho. No mês passado, o benchmark da Bovespa já havia fechado com valorização, após seis meses consecutivos de queda, e em agosto o índice continua em tendência de alta, já acumulada em quase 5%, mesmo sendo um mês historicamente ruim, com férias no hemisfério norte.

O apetite por risco e o otimismo dos investidores torna o mercado acionário mais atraente, em um ano que começou muito ruim para a Bovespa. No entanto, muitos ainda acreditam que essas altas são apenas pontuais e não indicam uma virada. Assim, conheça as cinco melhores estratégias para ficar rico com a bolsa de valores, seja com o cenário positivo ou negativo.

Long & Short
A estratégia Long & Short consiste em montar uma posição na ponta compradora e outra na ponta vendedora com diferentes ativos, buscando lucrar na diferença da rentabilidade deles.

PUBLICIDADE

Muitas gestoras utilizam essa estratégia em seus fundos, mas o investidor também pode calcular o ratio e fazer a operação por conta própria. “O ratio é um cálculo bem simples: é a divisão do valor da ação comprada pelo da ação vendida”, explicou Paulo Esteves, analista da Gradual Investimentos.

Para iniciar uma operação como essa é necessário escolher um par de ações: o papel que o investidor irá comprar por apostar em sua alta, chamado de “Long”, e o papel que o investidor aposta na baixa, chamado de “Short”.

É importante lembrar que escolher pares de uma mesma empresa, como uma ação ordinária e outra preferencial, torna a estratégia mais segura e conservadora, de acordo com Esteves, como, por exemplo, PETR3 e PETR4.

Por fim, após escolher o par, com base em análises fundamentalistas e técnicas, o investidor deve estabelecer uma média móvel do ratio ao longo de um período. Este prazo pode variar de 21 dias até 12 meses.

Suporte e Resistência
Suporte e resistência são pontos que podem ser definidos como os preços máximos ou mínimos que um determinado ativo atingiu num dado período, podendo ser esse período horas, para quem opera no intraday ou até anos, para quem opera no longo prazo.

Podemos considerar como um ponto de suporte a área no gráfico que está “abaixo do mercado”, onde o interesse em comprar o ativo é suficientemente forte para superar uma pressão vendedora, de forma que quando o preço atingir este determinado ponto, pode haver uma pressão de alta e ele volte a subir.

PUBLICIDADE

No sentido oposto, uma resistência é o ponto onde o preço está “acima do mercado”, e o interesse em vender o ativo por tal preço é maior do que a pressão compradora, fazendo com que este ponto torne-se um tipo de “barreira psicológica”, mas que pode ser rompida a qualquer momento em função de diversos fatores que podem influenciar as expectativas dos investidores.

Pelo mesmo motivo, o suporte também poderá ser rompido, lembrando que uma das premissas adotadas na análise gráfica é a de que o mercado desconta tudo, e as ações são sempre precificadas de acordo com notícias, fatos ou rumores que podem influenciar no desempenho da empresa.

Um ponto importante e que os analistas técnicos costumam ressaltar é que, quando uma resistência ou um suporte é rompido, existe uma tendência destes pontos se reverterem, ou seja, no caso de um suporte este poderá virar uma resistência e vice-versa. Entretanto, a significância será maior quanto maior for o rompimento.

Outro ponto a ser ressaltado é que é importante operar de acordo com a tendência do mercado, de forma que seria muito mais arriscado você apostar na valorização de uma ação quando foi observada uma tendência de queda no mercado do que aceitar que a possibilidade dela desvalorizar-se é maior.

Mercado de Opções
As opções são negociadas na própria Bovespa e de maneira muito parecida com o que ocorre no mercado de ações. Os negócios são efetuados somente por uma corretora autorizada pela bolsa paulista, ou seja, se você pretende comprar ou vender opções, você deve enviar uma ordem através de sua corretora.

Vale lembrar que ao negociar opções, ou seja, ao comprar opções de compra ou opções de venda, o investidor passa a ser o titular de uma opção. Visando proporcionar liquidez para esse mercado, a Bovespa lança séries de opções, ou seja, contendo critérios pré-definidos de ação objeto, data de vencimento e preço de vencimento. Assim, com critérios fixos, os investidores concentram seus negócios nestas opções, reduzindo a dispersão e ampliando a liquidez das séries existentes.

No mercado brasileiro podem ser negociadas tanto opções do estilo europeu como americano, embora a maioria das opções negociadas seja do segundo tipo. O vencimento ocorre sempre na terceira segunda-feira de cada mês, com a grande maioria das opções tendo vencimentos nos quatro próximos meses.

Antes de começar a operar no mercado de opções é preciso ter sempre em mente que, por ser um mercado de forte volatilidade, o risco é bastante alto, especialmente por se tratar de um tipo de ativo em que é frequente perder tudo.

Basta lembrar que, caso o preço da ação no mercado a vista evolua de modo que não compense ao investidor exercer a opção, o investidor corre o risco de perder o prêmio pago se a situação não for revertida até a data de vencimento da opção, quando esta expira.

Carteiras Recomendadas
Muitas corretoras produzem uma ou mais carteiras recomendadas de ações com periodicidade semanal e /ou mensal, indicando para o investidor um portfólio de ativos, cada um com seu respectivo peso. As carteiras podem ser de ações top picks, de boas pagadoras de dividendos, de small caps, ou até divididas por perfil de investidor, como conservador, moderado e arrojado.

Segundo especialistas, investir no mercado de renda variável usando a estratégia da carteira recomendada pode ser algo rentável, no entanto, existem alguns cuidados que devem ser tomados para que o investimento não se torne uma furada.

De acordo com Mauro Calil, educador financeiro e fundador da Academia do Dinheiro, é interessante analisar várias carteiras e a consistência da performance positiva delas. Para ele, não adianta comparar e ver quais ações estão presentes em todas, pois não é porque todo mundo está recomendando que as ações vão subir. “O ativo ser muito recomendado, individualmente, não significa nada”, afirmou.

O educador sugere que o investidor acompanhe o desempenho das carteiras por algum tempo. Por exemplo, se de 12 meses de recomendações a carteira ficou entre as cinco melhores em 10, enquanto outra entrou só duas vezes, você já consegue ver qual é o analista que tem o melhor desempenho, para assim escolher sua carteira.

Segundo ele, ficar em primeiro em um mês não significa nada. “Do jeito que é o mercado de renda variável, no mês seguinte a mesma pode ficar em último, portanto, é importante olhar a performance em um período de um ano. É melhor nunca ter ficado em primeiro, mas ter ficado entre as cinco melhores por vários meses do que ficar uma vez em primeiro e nos outros meses entre as últimas. A confiança no gestor ou analista vem da periodicidade entre as melhores colocações”, completou Calil.

Candles de reversão
Essa estratégia de análise gráfica foi desenvolvida pelos japoneses no século XIX, e leva o nome de candlestick pelo seu formato retangular e seus traços, que lembram velas. A essa região retangular é dada o nome de corpo, onde compreende em cada uma das extremidades o preço de abertura e o preço de fechamento. Os preços superiores ou inferiores à abertura ou ao fechamento são marcados no candle com um traço fino, chamado de sombra do candle.

Não é preciso decorar o nome de todas as combinações e formações de candlesticks existentes, mas para usar a estratégia é necessário estudar e entender o significado de cada vela formada no gráfico.

Entre os tipos de candle existentes, vale citar o Martelo Invertido, a Shooting Star, o Padrão Doji, a Estrela da Manhã, a Estrela da Tarde, a Nuvem Negra, a Mulher Grávida, o Engolfo de Alta ou de Baixa e o Homem Enforcado.