Olimpíadas

Nadador brasileiro Fernando Scheffer ganha bronze nos 200m livre em Tóquio

Ele terminou a prova em 1min44s66 e garantiu a medalha de bronze, a 14ª conquista do país na modalidade na história

arrow_forwardMais sobre
Fernando Scheffer, nadador e atleta olímpico do Time Brasil, após o treino na cidade de Sagamihara, Tóquio (Jonne Roriz/COB)
Fernando Scheffer, nadador e atleta olímpico do Time Brasil, após o treino na cidade de Sagamihara, Tóquio (Jonne Roriz/COB)

(Reuters) – Fernando Scheffer conquistou a primeira medalha para a natação brasileira dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 ao ficar com o bronze nos 200m livre nesta terça-feira.

Nadando na raia 8, ele terminou a prova em 1min44s66 e garantiu a medalha de bronze, a 14ª conquista do país na modalidade na História. O britânico Tom Dean ficou com o ouro ao cravar 1min44s22 e seu compatriota Duncan Scott com a prata, com 1min44s26.

Scheffer contou ter ficado dois meses sem entrar na piscina por conta das restrições impostas para conter a disseminação do coronavírus. Depois, improvisou os treinos na piscina do condomínio, e também passou um período em um sítio com outros nadadores treinando em um açude.

Leia também:
Conto de fada: como Rayssa Leal se tornou a mais jovem medalhista olímpica da história do Brasil

“Nunca fui o mais rápido, o mais resistente, o mais versátil, mas sempre pensei em ser o mais esforçado. E levo essa mentalidade até hoje e isso é um diferencial importante para trabalhar todos os dias. Dá confiança para chegar aqui e saber que a gente pode fazer algo a mais”, declarou Scheffer, segundo o Comitê Olímpico do Brasil.

“A atmosfera que a gente traz define muita coisa. Eu me preparei para vir pra cá e criar o melhor ambiente para mim, o mais descontraído, não jogar uma carga que não precisava. Não coloquei pressão que precisava fazer final, pegar uma medalha, só queria vir aqui e nadar o meu melhor, o que eu treinei pra fazer”, acrescentou.

Outro brasileiro que caiu na água nesta terça, Leonardo de Deus conseguiu se classificar para a final dos 200m borboleta. Ele ficou em segundo em sua bateria e na classificação geral com 1min54s97 e vai largar na raia 5.

Guilherme Benchimol revela os segredos de gestão das maiores empresas do mundo na série gratuita Jornada Rumo ao Topo. Inscreva-se já.