Em noticias

Bradesco e Banco do Brasil lucram R$ 3,4 bilhões com IPO da VisaNet

Banco estatal contabilizará no segundo trimestre mais de R$ 1 bilhão, enquanto concorrente retém R$ 2 bilhões no processo

v class="show-for-large id-0 cm-clear float-left cm-mg-40-r cm-mg-20-b" data-show="desktop" data-widgetid="0" style="">
SÃO PAULO - O IPO (Initial Public Offering) da VisaNet (VNET3) rendeu ao Bradesco (BBDC4) e ao Banco do Brasil (BBAS3) cerca de R$ 3,4 bilhões com a venda das respectivas participações na administradora de cartões de crédito, que estreou seus papéis ordinários no Novo Mercado na segunda-feira (29).

O Bradesco registrou lucro bruto de R$ 2 bilhões ao alienar 10,5% de sua participação na VisaNet, mantendo, ainda, 28,76% no capital social da empresa, com 392,5 milhões de ações.

Enquanto o Banco do Brasil contabilizará no segundo trimestre cerca de R$ 1,4 bilhão com a venda de 7,05% na VisaNet.

Mais lucro
De acordo com o Bradesco, o resultado deste trimestre também será impactado por provisão adicional para devedores duvidosos de R$ 1,3 bilhão. Já o Banco do Brasil informou que terá provisão adicional de R$ 676 milhões antes de impostos.

 

Contato