RADAR INFOMONEY CPI da Covid enfraquece governo e trava reformas, dizem analistas; programa desta segunda também fala sobre Petrobras e Oi

CPI da Covid enfraquece governo e trava reformas, dizem analistas; programa desta segunda também fala sobre Petrobras e Oi

Análise

Visão positiva para tecnologia faz Credit Suisse elevar preço-alvo da Totvs

Apesar da revisão, analistas mantêm recomendação neutra para as ações da empresa

SÃO PAULO – Com uma visão favorável para o setor de software brasileiro, o Credit Suisse elevou o preço-alvo dos papéis da Totvs (TOTS3), de R$ 35,00 para R$ 46,00 – o que representa um potencial de valorização de 9,13% em relação ao fechamento anterior. Mas mesmo com essa revisão para cima, o potencial de alta dos papéis segue limitado e, por isso, foi mantido a recomendação em neutra. 

Os analistas Andrew Campbell e Daniel Federle se mostraram bem otimistas com o cenário para o setor, estimando um aumento do consumo com software, especialmente para as pequenas e médias empresas, que é o negócio principal da Totvs. Atualmente, gastos com sofware representam 1,4% do setor, e a maior parcela é com manutenção de hardware, ou 13,6%. 

Segundo eles, o setor de tecnologia vai crescer a taxas de dois dígitos nos próximos anos, tendo como principais drivers: os investimentos mais eficientes das empresas e aumento do consumo com computadores. 

Entre os principais catalisadores para as ações, eles acreditam que a receita vai aumentar 13% no próximo ano, em meio às expectativas de expansão do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro. Mas a projeção para o Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) em 2013 e 2014, contudo, não foi alterada, e segue em R$ 1,628 bilhão e R$ 1,845 bilhão, respectivamente. 

“Nós acreditamos que os altos múltiplos negociados na empresa são justificados pelo potencial da plataforma de sistema integrado de gestão empresarial, com forte posição de mercado”, disseram os analistas. Vale mencionar que na véspera a Citi Corretora apontou a Totvs como ação predileta em toda a América Latina.