Telefonia

Telefônica aumentará investimento em convergência e inovação

Companhia pretende melhorar qualidade de serviços, deixando-os cada vez mais integrados

SÃO PAULO – Após relatar queda em seu lucro trimestral, a Telefônica Brasil (VIVT4) disse que aumentará investimentos nas áreas de convergência, para atuar cada vez mais de forma integrada com o consumidor e continuar a liderar o mercado brasileiro, em meio ao ambiente competitivo cada vez mais acirrado. A Telefônica informou que acredita em bom crescimento no próximo ano, mas não quis citar números.

“O objetivo da empresa é ficar cada vez mais conectada à tecnologia e inovação, e usar a convergência para melhorar a qualidade de nossos serviços. Vamos investir na tecnologia do 4G para repetirmos a boa performance que temos com o 3G”, disse o CEO (Chief Executive Officer) da Telefônica, César Alierta, durante teleconferência com analistas.

O CEO ressaltou que tem trabalhado lado a lado com a equipe de marketing para conquistar mais usuários, e salientou que projetos como Programa de Fidelidade e Vivo Favoritos têm sido bem sucedidos.

O foco da Telefônica continuará no pós-pago e a empresa pretende abocanhar maior fatia no segmento corporativo. No ano passado, a companhia lançou serviço de comunicação via rádio para competir com a Nextel, que, segundo diz Alierta, continuará a perder clientes para a Telefônica.

Resultados
A companhia apresentou retração de 29,8% em seu lucro líquido trimestral na comparação com  o resultado divulgado um ano antes, para R$ 935,8 milhões. De acordo com a empresa, o resultado em 2011 veio mais robusto por conta do impacto positivo gerado pela declaração de Juros sobre Capital Próprio.

O Ebitda (geração operacional de caixa) somou R$ 2,911 bilhões, 3,1% superior ao reportado no terceiro trimestre do ano passado. A margem Ebitda ficou em 34,4%, avanço de 0,3 ponto percentual ante o calendário anterior.

Já a receita operacional líquida da empresa alcançou R$ 8,463 bilhões no período, aumento de 2,1% sobre um ano antes.

Ao fim de setembro, o total de acessos da Telefônica Brasil totalizou 91,892 milhões, alta de 11,6% frente ao mesmo trimestre de 2011, dos quais 76,8 milhões foram no negócio móvel e 15,08 milhões na telefonia fixa, mostrando avanço de 14,6% e queda de 1,6% em 12 meses, respectivamente.