Concorrência

Rakuten planeja operações de entrega em até um dia nos EUA

Varejista japonesa investe pesado no território dominado pela Amazon

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – De saída do Brasil, a Rakuten – maior varejista online em receita do Japão -, investe pesado nos EUA para se tornar referência em entrega.

Alinhado ao plano de marketing para se tornar relevante no país, a Rakuten investiu em parcerias com ​​a Live Nation, a American Express e o time de basquete Golden State Warriors, que ostentou a marca da empresa em seus uniformes na temporada da NBA 2018-2019, num acordo de US$ 40 milhões.

Porém, os planos da nipônica, que faturou em 2018 US$ 9,9 bilhões, são maiores. A empresa está desenvolvendo um sistema para realizar entregas no mesmo dia ou no dia seguinte nas 25 maiores cidades dos Estados Unidos nos próximos três a cinco anos – se configurando como uma forte concorrente da Amazon no longo prazo.

PUBLICIDADE

Em 2013, a Rakuten entrou no mercado de logística americano após a compra da Webgistix, uma empresa de atendimento em nuvem que tinha cinco centros de distribuição na época. Desde lá, a empresa passou de zero para 15 centros de distribuição no país desenvolvendo uma cadeia de suprimentos ágil para atender o e-commerce.

Sediada em Las Vegas, a Rakuten Super Logistics se une a um crescente grupo de empresas que combinam tecnologia de armazenamento e atendimento.

Os armazéns são menores e mais automatizados do que as empresas de transporte como a UPS ou a FedEx construiriam, e são destinadas a atender varejistas que não podem abandonar o investimento em entrega que o Walmart ou a Target podem.

A empresa oferece o serviço para lojas online, algumas terceirizadas da Amazon que não desejam pagar as taxas de distribuição da companhia.

Por enquanto, os 15 armazéns da Rakuten não desafiam completamente os 169 da Amazon. Mas, se a empresa conseguir ser eficiente nas entregas das maiores cidades dos EUA, isso poderá representar uma ameaça aos crescentes recursos de atendimento da Amazon.

“Vimos que o movimento estava caminhando para entrega no mesmo dia e no dia seguinte”, disse Michael Manzione, CEO da Rakuten Super Logistics, “E isso foi obviamente iniciado pela Amazon. Estamos realmente tentando nivelar o campo de jogo”.

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações