Em negocios / noticias-corporativas

Joanete é mais comum em mulheres e causa dores, apontam estudos

O joanete é uma alteração anatômica nos pés, caracterizada pelo desvio do dedão em direção aos outros dedos. Saiba mais sobre essa condição.

O joanete é uma alteração anatômica nos pés, caracterizada pelo desvio do dedão em direção aos outros dedos. No Brasil, cerca de 50% das mulheres têm algum grau de joanete, já os homens, cerca de 30%. 

Um estudo feito pela empresa especialista em palmilhas ortopédicas, Pés Sem Dor, consultou 3000 brasileiros para saber sobre sua saúde dos pés, e foi constatado que pessoas que passam seis ou mais horas em pé tem alta intensidade de dores nos pés devido ao joanete. 

“Quanto maior o grau de joanete, mais dores o indivíduo sente. Além do problema estético, o joanete também altera a forma que a pessoa caminha”, comenta o Diretor de Fisioterapia da Pés Sem Dor, Mateus Martinez. 

Casos mais avançados (graus 3 e 4) são três vezes mais comuns em mulheres. Segundo especialistas, este fato se deve ao uso de salto alto e calçados de bico fino. Dessa forma, o pé é projetado para frente fazendo com que a distribuição do peso seja mal feita e o bico fino acaba por apertar os dedos, favorecendo o surgimento do joanete e dores.

Além da dor, o joanete pode trazer outras complicações. Sua presença dificulta a compra de calçados, pois o desvio do osso deixa uma protuberância na lateral do dedão. E se não tratado, pode evoluir até o grau número 5. 

“Em casos muito severos, apenas a cirurgia é capaz de trazer o realinhamento do osso. É um procedimento muito invasivo e doloroso. Se o indivíduo não fizer a correção biomecânica com o uso de uma palmilha e do calçado ideal, o joanete pode reincidir”, completa Martinez.

Para saber mais sobre a saúde dos pés ou acessar a pesquisa completa, acesse: http://www.pessemdor.com.br





Website: http://www.pessemdor.com.br

 

Tudo sobre: 

Contato