Em negocios / noticias-corporativas

Inteligência artificial transforma o cenário da publicidade digital

Agência TRACK do Grupo ABC-Omnicom alia inteligência artificial com capital humano para obter resultados mais efetivos

Um estudo da Juniper Research prevê que o gasto total com publicidade digital chegará a US$ 520 bilhões até 2023, subindo de US$ 294 bilhões em 2019. Este é um crescimento médio anual de 15% nos próximos 5 anos, impulsionado pelo uso de publicidade programática baseada em IA (inteligência artificial) para fornecer anúncios altamente segmentados. A publicidade digital inclui serviços de TV on-line, navegação móvel, no aplicativo, SMS, DOOH (Digital-Out-of-Home) e OTT (Over-the-Top).

Não é de hoje que a inteligência artificial faz parte do nosso dia a dia, com o avanço tecnológico e a crescente preocupação com agilidade e funcionalidade no mercado, as empresas estão sempre em busca de novidades que proporcionem melhores experiências aos seus usuários e resoluções mais assertivas aos seus clientes.

E no mundo publicitário não é diferente, agências de várias partes do mundo buscam as mais diversas funcionalidades para agregar e otimizar as suas demandas de trabalho obtendo sucesso entre as marcas e trazendo novidades e múltiplas soluções que realmente deixem seus clientes satisfeitos e faça com que eles obtenham resultados efetivos.

Confira algumas aplicações bem interessantes baseadas em IA que as agências têm utilizado com frequência:

Remarketing

As pessoas que utilizam as mídias sociais provavelmente já se depararam com uma campanha publicitária na timeline do Facebook que estava relacionada a um produto que realmente estavam precisando, porque fizeram uma pesquisa ou por conta dos algoritmos de IA que fizeram uma análise acertada de acordo com os fatores demográficos da sua região.

Banners com imagens

A partir de milhões de imagens marcadas em uma rede neural artificial, a tecnologia de IA pode ser treinada para identificar todos os tipos de objetos, pessoas, cores, conceitos e logotipos. Dessa forma, a tecnologia pode colocar um anúncio apropriado dentro de um banner. Por exemplo, um pai poderá ver um banner com anúncio para cadernos dentro de uma foto de ambiente escolar que foi automaticamente inserido por essa IA.

Big Data

Algumas organizações usam análises a partir de bancos de dados para classificar seus clientes em diferentes grupos. Essas informações são baseadas em questões demográficas, compras realizadas no passado, comportamento off-line e histórico de navegação on-line. A partir de análises preditivas, é possível até mesmo identificar quando os consumidores passarão por determinados eventos da vida, como os períodos em que eles estão mais propensos a mudar seus hábitos de compras.

Chatbot

Assistentes de vendas automatizados usam inteligência artificial para realizar conversas introdutórias com potenciais clientes. Isso permite que as empresas coletem informações de contato, promovam os recursos do produto e eliminem os clientes improváveis em grande escala.

Marketing de produtos

As lojas on-line oferecem recomendações personalizadas por meio de filtros colaborativos, uma solução de IA que relaciona os visitantes do seu site por gostos semelhantes. Se o usuário A e o usuário B comprarem os mesmos cinco produtos em um determinado mês, por exemplo, há uma boa chance de que o usuário A se interesse pelos mesmos produtos que o usuário B venha a adquirir no mês seguinte.

Sincronicidade

Empresas digitais coletam informações relevantes dos usuários que auxiliam no entendimento do comportamento de indivíduos, sendo assim elas podem fornecer experiências envolventes e personalizadas por meio da interface de usuário passiva, uma forma de IA. Este método coleta dados comportamentais de dispositivos de consumo continuamente, usando machine learning para adaptar a experiência aos desejos e necessidades do consumidor.

Opções não faltam para criar mecânicas e táticas que atraiam o público de maneira assertiva e eficaz. A inteligência artificial pode melhorar a experiência de busca, navegação e solução de problemas. Sua aplicação na publicidade certamente gera mais assertividade, pois é possível juntar dados para servir anúncios certos às pessoas certas. Essa prática faz com que o conceito de publicidade seja ressignificado e aprofundado.

A TRACK, agência digital do Grupo ABC-Omnicom, já aposta em técnicas e estratégias que utilizam inteligência artificial, segundo Luis Bilé, COO da TRACK, “somos uma agência que usa as técnicas de automação de marketing pra ganharmos eficiência nos nossos projetos. O poder da informação obtida por meio de IA proporciona ganho em escala tanto na parte da execução como na parte analítica.”

Atualmente a TRACK atende as contas de empresas como ANBIMA, Cielo, Kimberly-Clark Professional, Vivo, Droga Raia, Drogasil, entre outras.

Website: http://www.track-br.com

 

Tudo sobre: 

Contato