Em negocios / noticias-corporativas

O Mundo dos "Live Streams" - exemplos da nova onda do Empreendedorismo Digital

A nova forma de empreendedorismo digital apresenta possibilidades de conteúdo que empregam maior interatividade com o publico presente.

Que os celulares mudaram por completo a forma das pessoas viverem não é nenhum segredo. Os aparelhos de celular estão cada vez mais inseridos no cotidiano das pessoas e o brasileiro é um dos campeões mundiais quando o assunto é o número de horas online: os brasileiros passam, em média, cerca  de 09 horas por dia olhando para seus celulares,  ficando atrás apenas da Tailândia e as Filipinas neste quesito.

Um dos maiores motivos para o brasileiro passar tanto tempo no celular são os serviços de  streaming - o Brasil está entre os países que mais usufruem desta plataforma online, chegando a quase 80% dos usuários de smartphones. Por ser um serviço que ajuda os usuários a ter acesso a livros, filmes, músicas e até jogos na palma da mão, ela revolucionou a forma com que as pessoas consomem e enxergam o entretenimento.

O streaming é um serviço em que é possível ter acesso a conteúdos da internet, como vídeos e programas de entretenimento, sem precisar fazer download de arquivos e em tempo real, economizando o espaço de armazenamento dos dispositivos eletrônicos. O usuário apenas reproduz a mídia à medida que as informações chegam ao gadget. Ela se destaca pela forma com que as informações são transmitidas para o gadget de forma contínua, o que não obriga o usuário a esperar o download do conteúdo. 

Para acessar um stream, tudo o que precisa é ter um gadget de captura, uma plataforma para postagem, e uma conexão decente a internet - se procura algo mais profissional vai precisar de uma plataforma de live streaming, conhecido como encoder, que vai pegar as informações de áudio e vídeo que chegam na placa de captura e, através de um software, codificar para a plataforma de transmissão e repassar para todos os dispositivos. 

Apesar de parecer complicado, qualquer pessoa com um celular é capaz de assistir a um livestream, fazer o seu próprio vídeo ao vivo nas redes sociais e até mesmo criar o seu próprio portal para postar o seu conteúdo.

Um exemplo na inovação do uso do streaming é o aplicativo do Quize, um game show ao vivo, que acontece todos os dias e dá prêmios em dinheiro. Atualmente o jogo está entre os top 5% dos aplicativos mais baixados no mundo, de acordo com o ranking do AppTrace.

No ar há mais de um ano, o jogo consiste em um apresentador transmitindo ao vivo perguntas de uma variedade colossal de temas - o objetivo do jogo é acertar todas as perguntas no tempo determinado para ganhar uma parcela do prêmio. Para jogadores se conectarem, basta apenas baixar o aplicativo gratuitamente e acessa-lo no horário dos jogos.

A tecnologia por trás do streaming do Quize é comum entre os streamers. Trata-se do programa Wirecast, o que possibilita que o operador do stream mande vinhetas e trilhas sonoras em questão de segundos. Os serviços de streaming do Quize também possibilitam uma interação com o público que assiste ao vídeo, que podem comentar no chat das rodadas em tempo real, além de poder deixar quantos likes quiserem. Com isso, o Quize cria uma espécie de Show do Milhão híbrido, que mistura elementos da televisão com a interatividade instantânea da internet - ou seja, o jogador não está restrito a nenhum espaço físico para poder participar e se engajar nas rodadas do Quize.

Lucas Felipe, estudante de Rádio, TV e Internet, trabalha como o operador das rodadas matutinas do Quize. Segundo ele, executar a operação dos streamings “é simples, porém por conta do programa ser ao vivo, fica um pouco complicado para resolver imprevistos de última hora, incluindo conexões ruins a internet que prejudicam o stream”. As transmissões são conduzidas por um operador por vez somente, então este mesmo precisa estar inteirado nos elementos audiovisuais e técnicos das transmissões.

Os serviços de streaming fazem cada vez mais parte da cultura popular na atualidade, especialmente entre as comunidades tech e de games. Não é incomum entre os jovens da chamada "Geração Z" se depararem com transmissões ao vivo de influencers praticando uma variedade de atividades, como jogando games e ensinando técnicas para tais ou realizando algum desafio para gerar views. O mais impressionante é que os streamers tem a opção de tornar isso em uma forma de rentabilidade financeira , pois podem receber dinheiro via doações de viewers ou por propagandas embutidas nas suas transmissões.

Este fenômeno gera questões importantes para os futuros empreendedores digitais. Até que ponto o crescimento dos live streams vai chegar? Vão ultrapassar a quantidade de visualizações da televisão aberta? Vale a pena investir em tais plataformas, visando sua popularidade crescente? A tendência do mercado é migrar cada vez mais para essas plataformas digitais… se os investimentos compensarão, só o tempo dirá.

Website: https://quize.com.br

 

Tudo sobre: 

Contato