Em negocios / noticias-corporativas

Redes Sociais auxiliam pacientes no combate a distúrbios emocionais

Os distúrbios emocionais são considerados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como o mau do século. O tema, porém, ainda sofre muito preconceito na sociedade. Foi tentando reverter esta situação, que o psiquiatra Felipe Aragão se destacou. Através das suas Mídias Sociais, encontrou uma saída criativa e inovadora ao compartilhar conteúdos informativos e motivacionais sobre o tema.

As doenças relacionadas a saúde mental passaram a ser consideradas por muitos especialistas como o mal do século. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), estes tipos de transtornos atingem mais de 10% da população mundial. No Brasil, não é diferente: 1 em cada 5 brasileiros sofrem com algum tipo de distúrbio emocional.

No entanto, a falta de informação e o preconceito fazem com que este tema não seja levado a sério. Dessa forma, os desafios dos profissionais da área são inúmeros, desmitificar e conscientizar a população estão entre os principais.

O Psiquiatra Dr. Felipe Andrade Aragão inovou e  descobriu nas Redes Sociais, uma saída criativa para falar  sobre um assunto tão sério e delicado. Formado em Medicina no Espirito Santo e com Residência médica em Psiquiatria pelo Hospital Central da Aeronáutica, Felipe utiliza a tecnologia  para quebrar tabus e divulgar seu trabalho.

“Eu optei por usar as redes sociais para levar informação de qualidade sobre saúde mental, que é um dos pilares da OMS para qualidade de vida.
Acho muito importante usar essa ferramenta tão bem difundida para alcançar pessoas quanto a um assunto que nem sempre foi bem aceito, e fazê-lo de forma leve. No fim, conseguimos ajudar muitas pessoas, de perto e de longe, e isso é o mais gratificante!”.

Com o auxilio da agência Fromrio Comunicação, especializada em Marketing Digital, o psiquiatra publica postagens diárias nas Mídias Sociais. Em sua página no Instagram, por exemplo, são compartilhados conteúdos informativos e motivacionais. Além de dicas que ajudam a identificar os sintomas das mais variadas doenças como a depressão e o Transtorno bipolar.

Até no momento de marcar uma consulta, a tecnologia se faz presente facilitando a vida do  paciente. Pelo seu site, pode-se marcar um atendimento de forma prática e rápida. Também, é possível conhecer mais sobre os tratamentos oferecidos, que vão desde o acompanhamento de pacientes com os mais diversos diagnósticos até a elaboração de laudos para concurso.

As Plataformas Digitais, desse modo, podem ser aliadas importantes no debate em torno de temas pouco abordados na sociedade. Inclusive atualmente, o Instagram oferece ajuda para seus usuários que sofrem com depressão ou ansiedade. Ao pesquisar hashtags relacionadas a estes transtornos, o internauta é direcionado a uma página no navegador do smartphone que traz três alternativas: falar com um amigo, falar com um voluntário da linha de apoio (Centro de Valorização da Vida – CVV) ou receber dicas sobre saúde mental.

O doutor Felipe Aragão, portanto, é um caso de sucesso que exemplifica esse uso responsável e inteligente das Mídias Sociais.

Website: http://www.drfelipearagao.com/

 

Tudo sobre: 

Contato