Em negocios / noticias-corporativas

CHN amplia e moderniza seu Serviço de Hemodinâmica

Com investimento de mais de R$ 10 milhões, hospital reinaugura sala e adquire o equipamento mais moderno da região Norte-Leste Fluminense<br/><br/>

Em um novo investimento, o Complexo Hospitalar de Niterói (CHN) reinaugurou, na última quinta-feira (4), sua segunda sala de hemodinâmica, modernizando seu parque tecnológico com o angiógrafo - o mais moderno da região Norte-Leste Fluminense -, com estrutura completa para realizar procedimentos cerebrais e cardíacos simultâneos.

A nova sala e o equipamento - resultado de um aporte financeiro de mais de R$ 10 milhões - oferecem ainda mais segurança para os pacientes com doenças cardíacas, neurológicas e vasculares e vão promover o aumento do número de atendimentos desse tipo de emergência. A máquina conta com a tecnologia de fusão de imagens, um diferencial que possibilita utilizar dados de outros exames complementares, como a tomografia computadoriza, para dar mais precisão aos procedimentos invasivos.

Carlos Henrique Falcão, coordenador do Serviço de Hemodinâmica do CHN, explica as vantagens da nova tecnologia. "Em procedimentos como angioplastia, embolização e biópsia, por exemplo, a tecnologia de fusão de imagens permite exportar as imagens do exame de tomografia ou ressonância previamente feito para o equipamento de hemodinâmica, através de um software, por meio do qual o médico intervencionista as integra, ao vivo, ao procedimento que será realizado, observando a anatomia e guiando com maior precisão o cateter. Esse equipamento não só reduz a exposição do paciente à radiação utilizada, mas também o uso de contraste", explica o médico.

O Serviço de Hemodinâmica é uma estrutura fundamental na identificação e no tratamento de doenças cardiovasculares e neurológicas, em que é possível realizar cateterismo cardíaco; angioplastia coronariana com implante de stent; ultrassonografia intracoronariana; avaliação de reserva de fluxo (FFR); valvoplastia e implantes transcutâneo e transapical de válvulas cardíacas.

A nova sala fica localizada em um espaço estratégico na Unidade I, integrada à estrutura anterior e próxima à emergência, o que garante a segurança e a agilidade fundamentais para o tratamento das doenças cardiovasculares emergenciais.

"Contar com profissionais capacitados, equipamento moderno e serviço com duas salas integradas de hemodinâmica torna o CHN um hospital ainda mais seguro para a abordagem das patologias cardiovasculares, fundamentalmente nos casos emergenciais, como infarto e acidente vascular cerebral, em que essa integração assegura o cuidado e a rapidez imprescindíveis para o tratamento adequado", finaliza Falcão.

 

Tudo sobre: 

Contato