Em negocios / noticias-corporativas

Xiaomi já é a quarta marca de celulares mais vendida no mundo e chega com força ao Brasil

Com loja própria e investida de mercado mais estratégica, em apenas um mês após seu retorno oficial ao Brasil, Xiaomi ultrapassa grandes marcas como Lenovo, Nokia e Asus em vendas e assume 5ª colocação no mercado brasileiro de smartphones.

Com preços competitivos no mercado de smartphones, a chinesa Xiaomi vem se destacando e ganhando o mercado mundial frente a marcas tradicionais do segmento como LG, Motorola e Lenovo.

Segundo dados da Statcounter de junho de 2019, a chinesa Xiaomi já detém 7,39% de todo o mercado mundial de celulares, ficando atrás apenas da Samsung (31,98%), Apple (22,04%) e da também chinesa, Huawei (9,04%).

No Brasil, de acordo com relatório "Mobile Vendor Market Share Brasil", realizado mensalmente pela Statcounter, a Xiaomi já se coloca na quinta posição de vendas de celulares, tendo ganhado impulso após o anúncio oficial de retorno da marca em território brasileiro em junho deste ano.

A marca já havia tentando uma incursão no Brasil em 2015 em apenas um modelo de baixo custo, o Redmi 2 vendido apenas online pelo preço de R$500 na época. Porém, sem a oferta de assistência técnica ou uma gama maior de celulares para atender ao mercado mais diversificado, a marca foi gradualmente diminuindo sua presença até o encerramento final no ano seguinte.

Xiaomi retornou ao Brasil em junho de 2019 com loja própria e vários lançamentos

Em junho de 2019, a marca retorna ao Brasil com loja própria em São Paulo e traz consigo uma nova linha de produtos. Vendendo de smartphones e patinetes a até escova de dentes elétricas, junto com uma ação mais ofensiva do que na sua primeira tentativa em solo tupiniquim, o lançamento da loja oficial ocorrido no dia 01 de junho (sábado) em São Paulo contou com mais de 7 mil pessoas na fila por volta de 45 horas.
Além da inauguração de sua loja em um shopping da capital paulista, a Xiaomi aproveitou o evento para anunciar o lançamento de 5 novos celulares, o RedMi 7, RedMi Note 7, Mi 9 e Redmi Go, além dos já lançados em fevereiro Pocophone F1 e Redmi Note 6 Pro.

O destaque no lançamento dos celulares Xiaomi, ficou por conta do topo de linha da marca Xiaomi Mi 9 e o intermediário RedMi Note 7. Ambos foram vendidos no lançamento com desconto de 30%. O modelo mais simples, RedMi Go, teve seu lançamento custando apenas R$799 já o Xiaomi Mi 9 teve no evento poucas unidades disponíveis, chegando a custar R$2.999 apenas no dia do lançamento e voltando ao preço de R$3.999 em seguida, valor ainda baixo se comparado ao valor do modelo iPhone X topo de linha da Apple. Outros aparelhos tiveram descontos de cerca de 10% no seu primeiro dia de venda.

E o que tem de especial no smartphone Xiaomi Mi 9?

A câmera do smartphone Mi 9 conta com 3 lentes, incluindo uma de 48 megapixels, sendo até 4x maior do que as versões anteriores. Também complementada por uma lente de 12MP de quadbayer, testada pelo site DXOMARK e anunciada como a melhor da marca e perto do topo, sem contar que o Xiaomi Mi 9 faz vídeos em formato 4K. O celular conta ainda com 6GB de memória RAM e armazenamento de até 128GB, além de uma bateria de 3300mAh que oferece uma boa duração de carga.

Quais produtos Xiaomi se pode esperar em breve?

Nem só de celulares vive a marca, a fabricante como já mencionado, está entrando no mercado com tudo. No exterior você já pode encontrar o Xiaomi Mi Notebook Air e Xiaomi Mi Notebook Pro, concorrentes diretos da linha MacBook Pro e MacBook Air da Apple e como tudo na marca, oferece um preço mais competitivo e configurações praticamente idênticas aos seus rivais da Apple.

Você pode encontrar disponível outros eletrônicos como, escova de dentes, lâmpadas, guarda chuvas ou patinetes. Por enquanto, seus preços podem parecer relativamente altos como a escova de dentes vendida a R$329, mas o objetivo da marca é pensar num futuro onde absolutamente tudo em casa seja automatizado, tornando os preços mais acessíveis ao público. Resta aguardar pra ver, mas uma coisa é certa, neste retorno a Xiaomi tem grandes intenções no mercado brasileiro e está esperançosa para se manter e crescer por aqui.

 

Lilith M. Angel - Redatora Vixus Marketing

Website: http://www.vixus.com.br

 

Tudo sobre: 

Contato