Em negocios / noticias-corporativas

Receber por boleto vale a pena para pequenas empresas?

As pequenas empresas tem como um dos desafios a gestão financeira e a lucratividade. Nesse sentido, diversificar os meios de pagamento e receber por boletos pode ser uma boa opção para quem empreende.

O número de empresas formalizadas no Brasil bateu o recorde em 2018, segundo o Serasa Experian de Nascimento de Empresas. Cerca de 2,5 milhões de empresas foram regulamentadas, sendo que os microempreendedores individuais (MEI) são a maioria desses negócios, conforme o indicador. Mas, se por um lado o empreendedorismo pode ser uma saída para a crise econômica no país, por outro, iniciar uma empresa pode trazer inúmeros desafios para os profissionais.

Dentre as dificuldades encontradas pelos microempreendedores estão a formalização do negócio, a gestão de finanças e a lucratividade. Assim, pode ser fundamental contar com métodos para encarar as questões relacionados ao empreendimento. Uma dessas estratégias é a automação dos recebimentos.

Nesse sentido, um dos meios de pagamento que se destaca é o boleto. Esse tipo de cobrança pode ajudar as pequenas empresas a profissionalizar, administrar e lucrar mais com os seus produtos e serviços, de acordo com o coordenador de relacionamento da Gerencianet, Patrick Oliveira. Por isso, é preciso que as microempresas entendam as vantagens de receber por boleto.

Profissionalização da cobrança

Transmitir credibilidade para os consumidores é imprescindível para as pequenas empresas. Com a profissionalização da cobrança, isso se torna mais fácil e prático, afirma Oliveira. Segundo ele, “a possibilidade de enviar os boletos personalizados com a marca da empresa  diretamente para os clientes traz mais confiança para quem compra produtos e serviços de pequenos negócios. Além disso, ela também pode ser fundamental para ajudar a empresa a expandir e conquistar novos clientes”.

Menos burocracia

O excesso de burocracias pode dificultar ainda mais a rotina de quem empreende. Para as microempresas que desejam diversificar as formas de pagamento, por exemplo, os trâmites dos bancos podem complicar a emissão de boletos. “Os pequenos empreendedores que buscam simplificar os processos de cobrança e diminuir o tempo gasto com a burocracia podem optar por um intermediador de pagamentos, já que não ele exige contratos com instituições financeiras”, diz Patrick.

Redução de gastos

A busca pela diminuição de gastos faz parte da rotina das pequenas empresas que querem se estabelecer no mercado de forma sustentável. Receber os pagamentos por boleto pode ajudar nessa economia, já que as tarifas cobradas para esse tipo de cobrança geralmente são menores quando comparadas às tarifas do cartão de crédito. Além disso, conforme o coordenador, “em sistemas como a Gerencianet, a tarifa pode ser menor do que a praticada pelos bancos e o empreendedor só paga quando recebe do cliente dele”.

Automação da cobrança

Um dos principais benefícios que a tecnologia traz para as pequenas empresas é a oportunidade de automatizar processos e serviços que demandam tempo e esforço manual. “Os microempreendedores muitas vezes realizam as tarefas sozinhos e precisam dar conta de diversos fatores do negócio, por isso, a automação é essencial” diz Patrick.

Nos recebimentos, por exemplo, ao gerar boletos com um sistema de pagamentos, o empreendedor pode emitir cobranças em lote, enviar para o cliente e analisar os relatórios de pagamentos, tudo isso dentro de um único sistema.

Por isso, começar a receber por boleto pode favorecer as pequenas empresas e ajudá-las a investir mais nos produtos e serviços que elas oferecem. Veja também este guia definitivo para começar a emitir boletos!  

Website: http://gerencianet.com.br

 

Tudo sobre: 

Contato