Em negocios / noticias-corporativas

Qual a relação entre oratória e as soft skills do futuro?

Habilidades de comunicação estão em 6 das 10 competências não-técnicas mais procuradas nos profissionais

Em aproximadamente dois anos, mais de um terço das competências (35%) que são consideradas importantes no mercado de trabalho atual já terão mudado, de acordo com o relatório publicado pelo Fórum Econômico Mundial, sobre o Futuro do Trabalho (The Future of Jobs).

O tema 4ª revolução Industrial nunca foi tão popular e comentado, e o que ela já está trazendo para o universo do trabalho em todo o mundo. Essa nova fase é conhecida pela era da inteligência artificial, dos robôs, impressão 3D, da nanotecnologia e da internet das coisas.

Mais máquinas no ambiente profissional e mais automatizações. Menos humanos necessários para cumprir, então, tais papéis.

Por esses motivos, os profissionais com fortes habilidades sociais (e soft skills) estão em alta para diferentes tipos de trabalhos. Soft skills são características interpessoais que são essenciais para ter sucesso na carreira. Eles estão relacionados a como as pessoas trabalham e se relacionam com os outros - em outras palavras, habilidades pessoais.


Os empregadores desejam funcionários que sejam capazes de interagir efetivamente com os outros. Essas habilidades (mais humanas) também são difíceis de ensinar, então os empregadores querem saber que os candidatos a emprego já têm as habilidades sociais para serem integrados mais rapidamente ao time e à cultura da empresa.

 

Lista de Soft Skills

Na imagem está uma lista das habilidades sociais mais importantes que a maioria dos empregadores procura, divulgada pela Fórum Econômico Mundial. Desenvolver essas habilidades e enfatizá-las em seu perfil no LinkedIn, currículos, cartas de apresentação e entrevistas vai mostrar ao entrevistador as competências que a empresa está procurando, e o ajudará a ser contratado.

 

Comunicação como soft skill do presente e futuro

Em uma análise rápida já se nota a grande demanda por habilidades de comunicação em boa parte delas. “Se avaliarmos a fundo, das 10 habilidades citadas, 6 delas (+ de 50%) envolvem comunicar-se de forma efetiva e eficaz, com seus pares no ambiente profissional.”, conclui Ricardo Pena, executivo e sócio fundador da Ducovox, empresa que oferece curso de oratória em SP São Paulo.

E como está a comunicação no ambiente profissional? Habilidades de comunicação são importantes em quase todos os trabalhos.

Todo profissional de alta performance precisa se comunicar com as pessoas no trabalho, sejam elas clientes, clientes, colegas, empregadores ou fornecedores. É preciso ser capaz de falar clara e educadamente com as pessoas pessoalmente, em público, por telefone e por escrito.

Por exemplo a negociação e o trabalho em equipe. Essas competências demandam exercício e conhecimentos tanto práticos como teóricos para ter sucesso em um cenário competitivo. “Em geral, os líderes carismáticos são ótimos comunicadores, sabem ler as necessidades humanas e se expressar de maneira completa e eficaz”, explica Ricardo.

Em geral os profissionais são bom ouvintes? Os empregadores querem funcionários que possam não apenas comunicar suas próprias ideias, mas que também escutem com empatia. Ouvir é uma habilidade particularmente importante em trabalhos de atendimento ao cliente, no setor de serviços e comércio, principalmente.

Dentro da habilidade de comunicação podemos listar outras competências relacionadas, igualmente importantes para o futuro profissional de sucesso:

Escuta ativa

Negociação & Persuasão

Comunicação não verbal

Apresentação

Falar em público

Leitura de linguagem corporal

Narrativa & Habilidades de escrita

Comunicação verbal

Escrita de relatórios e propostas


“Acredito que comunicar-se vai muito além de falar a mesma língua. A verdadeira comunicação inclui a transmissão e a interpretação das ideias de uma forma que se consiga passar para o outro exatamente o que se está querendo dizer, ser verdadeiro e se conectar com seu interlocutor.”, afirma Ricardo Pena.

Quando isso acontece, a pessoa se torna capaz de falar para os mais diversos públicos e, possivelmente, alcançar os objetivos que buscava com a comunicação.

Resumindo: fazer um curso de oratória e falar bem é muito importante, mas não é tudo. Para que a comunicação seja efetiva, é necessário liderança e uma bela dose de persuasão.

Website: http://www.ducovox.com/newsite/curso-de-oratoria.html

 

Tudo sobre: 

Contato