Em negocios / noticias-corporativas

Organizar um casamento com antecedência pode poupar dinheiro e tornar a experiência do casal mais tranquila

De acordo com o IBGE, o número de casamentos caiu 2,3% em 2017 e o motivo pode ser a espera dos casais por um momento financeiro mais favorável

Casar não é uma tarefa fácil e barata. O amor sempre prevalecerá e, no fim das contas, é tudo que importa, entretanto, a organização do casamento pode não ser tão simples e o investimento mais elevado do que se imagina. Uma pesquisa realizada pela empresa Zankyou, com cerca de 30 assessorias especializadas em casamentos, apontou para uma gasto mínimo de 40 mil reais em uma cerimônia brasileira com 100 pessoas.

Além disso, escolher tema e cores, pensar em todos os detalhes da decoração, fazer uma lista de convidados que se encaixe no orçamento… São muitas tarefas que se somam à emoção, ansiedade e expectativa de deixar tudo exatamente da maneira que o casal sonha. Com a crise financeira brasileira, muitos casais tem aumentado o período de planejamento para se casar mais tarde, assim é possível fazer um planejamento detalhado, conseguir descontos e mais tempo para bancar os custos.

 

Organizar um casamento com antecedência pode poupar dinheiro e tornar a experiência do casal mais tranquila

 

1. Definir o orçamento - isso determina todo o planejamento!

 

Casar agora ou adiar para poupar mais dinheiro? Haverá lua-de-mel ou o orçamento será destinado apenas para a festa? Vai ser possível fazer uma grande cerimônia ou o número de convidados precisa ser reduzido? Vários questionamentos são feitos durante a primeira fase da organização, e todas as respostas estão na quantidade de dinheiro que o casal pode ou não investir. Assim que um limite de gastos for definido, o planejamento do casamento pode continuar!

 

2. Organizar todo o casamento sem ajuda não é uma opção!

 

As possibilidades são: contratar uma assessoria ou se desafiar a fazer o planejamento da cerimônia com a ajuda de alguém próximo. Não existe a possibilidade de organizar tudo sem apoio, visto que a quantidade de tarefas pode se acumular em meio às atividades que o casal já realiza no dia a dia.

3. Checklist - uma planilha que pode ser adaptada para qualquer estilo e tamanho de casamento

 

Com o auxílio do checklist, questões como o prazo para encomendar os convites save the date e detalhes de decoração não serão esquecidos. Independentemente do tempo que o casal reservou para a organização, quantidade de convidados ou tipo de cerimônia, a planilha pode ser adaptada. O Elo7, um dos especialistas no assunto, por exemplo, oferece na categoria de casamento um modelo grátis de checklist para ajudar os noivos com o planejamento.

 

4. As informações devem estar concentradas em um único local!

 

Os noivos ou assessores que preferirem as anotações à mão podem aderir ao planner específico do casamento, mas quando se trata das informações disponíveis na web, o ideal é fazer uma pasta destinada para a cerimônia. Nessa pasta, é possível incluir todas as referências para a festa e compartilhar com todos que estão envolvidos na organização. O Google Drive é uma excelente ferramenta para esse objetivo.

 

5. Verificar as férias!

 

Caso os noivos queiram fazer uma viagem de lua-de-mel depois da cerimônia, verificar as férias com o RH é indispensável, assim será possível reservar um período que abranja o casamento e viagem.

De acordo com um estudo da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade), o mês preferido dos casamentos brasileiros é dezembro, já que neste período é possível utilizar o período de férias do final de ano e ainda utilizar o dinheiro do 13º salário.

6. Lista de convidados

 

Após reunir todos os nomes que desejam ter na lista de convidados, os noivos devem avaliar o número final e o orçamento. Caso seja necessário fazer alguma mudança, a prioridade deve ser dada àqueles que sejam muito importantes para o casal. Este é um ponto muito delicado - e por vezes o mais difícil - dentro das tarefas da organização da cerimônia, por isso é importante ter em mente o fato de que o casamento é um evento extremamente pessoal. Conversar com a família para explicar as condições é sempre válido.

 

7. Data, local e estilo

 

Assim que informações básicas como quando e onde realizar a cerimônia estiverem resolvidas, o tema deve ser escolhido. Quais cores e estilo seguir na decoração são informações essenciais para definir como será o casamento e o que procurar na hora da busca por fornecedores.

Casamentos no estilo rústico, boho e praia são os mais buscados pelos noivos, mas a cerimônia pode seguir o tema que melhor combinar com a personalidade do casal. Uma ótima forma de fazer isso é personalizar detalhes: menus, plaquinhas, porta-guardanapos e vários outros produtos que quando feitos sob medida tornam a cerimônia única.

 

8. Quais fornecedores devem ser contratados primeiro?

 

A resposta é: todos que precisam reservar um dia inteiro para o casamento. Isso significa que além do local da festa, caso serviços como o de fotografia e filmagem, buffet, DJ e banda sejam requisitados, o contrato precisa ser feito com o maior tempo de antecedência possível. Dessa forma não haverá risco de os fornecedores desejados não estarem disponíveis para a data selecionada.

Na hora de contratar qualquer fornecedor, os noivos devem se atentar ao que não está incluso: alguns locais utilizados para a festa, por exemplo, não disponibilizam móveis e serviço de vallet - todos esses detalhes devem ser incluídos no checklist de organização do casamento para serem contratados à parte.

 

9. Madrinhas, padrinhos, daminhas e pajens - não se trata apenas de escolher quem receberá essa honra

 

Um dos pontos do planejamento é definir como serão os estilos e cores das roupas desses convidados de honra. Hoje em dia, a tendência é não os limitar, entretanto, dependendo do tema da cerimônia, é importante ter em mente como serão as roupas para verificar se combinam ou não com o casamento.

Uma boa dica para evitar contratempos é acompanhar primeiro a escolha dos vestidos das mães dos noivos, e depois, pensar no visual das madrinhas.

Um forma de agradecer a participação desses convidados de honra é reservar um tempo da organização para encomendar convites criativos, formatos que não remetem a convites estão cada vez mais em alta. Quanto aos kits, o ideal é pensar em itens que podem ser incorporados ao dia a dia dos convidados, já que aqui não se trata apenas do gosto dos noivos.

 

10. O casamento é dos noivos!

 

Em meio a organização, amigos e familiares podem expressar opiniões que nem sempre estão de acordo com a do casal. Com toda certeza essas críticas são relevantes, mas devem sempre respeitar o que os noivos sonham ter nesse dia.

Confira mais conteúdos sobre casamento aqui.

https://blog.elo7.com.br/categorias/festas/casamento?utm_campaign=jornada_casamento

Website: https://www.elo7.com.br/

 

Tudo sobre: 

Contato