Em negocios / noticias-corporativas

Futuro da Saúde, inovação e tecnologia discutidos por líderes em congresso

Lideranças do setor debaterão os principais desafios da saúde brasileira durante o II HospitalarMed

A saúde passa por um momento difícil, segundo o presidente do UnitedHealth Group Brasil, Cláudio Lottenberg, um dos 34 palestrantes do HospitalarMed, congresso de empreendedorismo médico, dentro do maior congresso hospitalar da América Latina.

Para Lottenberg, é fundamental que os modelos de assistência dentro da tripla meta sejam aprimorados.  “A saúde, como um todo, passa por um momento difícil, são desafios que envolvem a inserção tecnológica dentro de uma perspectiva de envelhecimento o que não é situação confortável se mantivermos as práticas como hoje são realizadas e não formos mais enfáticos nos modelos transformarcionistas”, analisa o líder da gigante mundial.

No cenário nacional, segundo dados da Pesquisa Demográfica Médica, em 2018 registrou 452.801 profissionais médicos, uma média de 2,18 por mil habitantes.  Na região sudeste tem 2,81 médicos por mil habitantes, contra 1,16 do norte do país. Já em cidades com até 20 mil habitantes, a média é de 0,40 médicos, o que mostra que a maioria dos profissionais se concentram nos grandes centros, demonstrando grande disparidade entre as regiões e o modelo de saúde prestado. 

Neste mês acontece um dos maiores eventos da cadeia de saúde, reunindo líderes do setor que discutirão o futuro da saúde no Brasil, temas como pagamento baseado em valor, planos de saúde, liderança, cases de sucesso, gestão de equipe, telemedicina e saúde do futuro serão debatidos pelas principais lideranças do mercado. 

Presente no evento, o presidente do UnitedHealth Group Brasil, um dos maiores grupos de saúde do mundo, aponta que os modelos de pagamento praticados atualmente precisam ser revistos e associados à transformação digital. 

“A participação do atendimento mais integrado dentro de uma perspectiva de medicina por valor e principalmente dentro daquilo que chamamos de transformação digital. A digitalização, a análise de dados e o cruzamento de informações de forma rápida e eficiente serão cada vez mais usados para tomada de decisões na gestão dos sistemas de saúde” complementa.

Para as próximas décadas os desafios serão relacionados ao envelhecimento e a sustentabilidade. Na assistência médica, a medicina baseada em evidências, a tecnologia e a capacitação profissional levarão cada vez mais qualidade de vida e segurança para beneficiários de planos de saúde e pacientes de hospitais. 

“A aplicação correta do prontuário eletrônico, da telemedicina e da inteligência artificial permitirão um salto na qualidade e na quantidade dos atendimentos médicos no Brasil”, diz o presidente do UnitedHealth Group Brasil.

Sobre o avanço e universo da tecnologia na saúde, automatização e processos inteligentes, surgiu o conceito de Saúde 4.0, o que tem vindo a revolucionar a relação médico paciente. A tecnologia otimizou tarefas e deu celeridade aos processos e resultados, além de redução de despesas. 

A Medical Advisor da Watson Health Latin America, representante da IBM na HospitalarMED, Mariana Perroni é enfática ao comentar o receio de alguns profissionais sobre a possibilidade da tecnologia substituir a mão de obra humana na saúde. “Os profissionais da saúde que forem capazes de incorporar as novas tecnologias como parte do arsenal diagnóstico e terapêutico em suas rotinas de trabalho vão substituir aqueles que não o fizerem”, finaliza Mariana Perroni.

Website: https://servicos.sucessomedico.com

 

Tudo sobre: 

Contato