Em negocios / noticias-corporativas

Saúde 4.0: o cuidado com o paciente é o grande atributo

O termo Saúde 4.0 surgiu para contemplar e unir a área da saúde com o universo da tecnologia. Essa nova ideia, envolvendo um conjunto de investimentos tecnológicos, forma a concepção de uma interface diferenciada para a saúde, envolvendo computação em nuvem e "internet das coisas" (expressão utilizada para designar a relação entre o que é usado no dia a dia e a rede mundial de computadores).<br/>

O termo Saúde 4.0 surgiu para contemplar e unir a área da saúde com o universo da tecnologia. Essa nova ideia, envolvendo um conjunto de investimentos tecnológicos, forma a concepção de uma interface diferenciada para a saúde, envolvendo computação em nuvem e "internet das coisas" (expressão utilizada para designar a relação entre o que é usado no dia a dia e a rede mundial de computadores).

Saúde 4.0 na prática
A Saúde 4.0 visa a interconectividade entre máquinas e comandos, a digitalização de todos os dados em bancos de dados mais eficientes e, acima de tudo, maior participação dos pacientes no que concerne à própria saúde.

Com a evolução e amadurecimento da área da saúde, hoje, é possível acompanhar o tratamento de muitas condições patológicas e possibilitar ao paciente uma qualidade de vida cada vez melhor, pelo menos até ele desenvolver outra doença. Mas a grande questão gira em torno de como evitar que surja uma próxima doença, e o programa Saúde 4.0 visa a encontrar a resposta nos próximos anos.

Saúde 4.0 na prevenção de doenças
Já é possível prever que em um futuro próximo o setor da saúde terá uma abrangência muito maior no cuidado com o paciente, e isso inclui o uso de smartphones e aplicativos específicos com diversas funções como, por exemplo, realização de exames de imagem e exames de oftalmologia.

Além disso, por meio de uma análise de dados (obtidos por wearables), e o mapeamento do genoma humano, a evolução da medicina chegará a um patamar tão sofisticado que os remédios poderão ser encaminhados para a residência dos pacientes com identificação e dosagens específicas.

O papel fundamental da tecnologia
O atual cenário envolve a adoção de investimentos tecnológicos que se propõem a oferecer uma verdadeira transformação digital e cultural, além da verticalização dos serviços de saúde e da cultura digital, variáveis que, unidas, permitem uma jornada eficiente, com a relação entre médico e paciente cada vez mais estreita.

É fundamental acompanhar de perto a condição do paciente, mesmo nos momentos em que ele ainda está em casa, antes de voltar para a unidade de tratamento. Isso garante um acesso privilegiado a informações e, consequentemente, a um atendimento de qualidade, baseado em dados concisos.

Uma das propostas da Saúde 4.0 é que os prontuários eletrônicos forneçam o acesso a todo o histórico do paciente, o que abre margem à possibilidade de acelerar a descoberta da causa da doença, trabalhar com hipóteses mais certeiras e chegar a um diagnóstico conclusivo, para, então, partir ao melhor tratamento.

Algumas instituições de saúde já estão investindo em tecnologias que visam ao preenchimento dos prontuários de forma mais completa possível, garantindo aos profissionais de saúde total acesso aos dados.

A iniciativa Saúde 4.0 propõe uma verdadeira revolução na área da saúde, o que fortalece o setor graças ao uso de novas tecnologias, tanto em infraestrutura quanto em equipamentos, podendo prover aos pacientes os melhores tratamentos ao usar produtos de alta qualidade.

A Cirúrgica Fernandes fornece produtos médico-hospitalares para instituições de saúde de todo Brasil.

Website: http://www.cfernandes.com.br/

 

Tudo sobre: 

Contato