Em negocios / noticias-corporativas

Primeira gasolina ecoaditivada do Brasil é lançada em Manaus

O produto tem tecnologia capaz de reduzir em até 50% a emissão de poluentes e aumentar em até 10% o rendimento do combustível

A DuraMais, primeira gasolina ecoaditivada do Brasil, foi lançada oficialmente neste no último mês de abril em Manaus (AM). O evento foi dividido em duas etapas, a coletiva de imprensa no sábado (13) e o festival Nossa Energia Move a Amazônia (Nema), no domingo (14). Oferecida pelo Grupo Dislub Equador, em postos de combustíveis nas regiões Norte e Nordeste, o produto tem tecnologia capaz de reduzir em até 50% a emissão de poluentes e aumentar em até 10% o rendimento do combustível. Por essas características, recebeu certificação do Instituto das Nações Unidas para Treinamento e Pesquisa (Unitar/ONU).

O sócio-diretor do Grupo Dislub Equador, Humberto Carrilho, revelou que o combustível foi testado em carros em viagens da capital do Amazonas a outras cidades da Região Metropolitana de Manaus. “Os carros utilizaram gasolina DuraMais e gasolina comum para comparativo dos resultados”, disse durante a coletiva. “Os carros que usaram a gasolina ecoaditivada tiveram mais rendimento, comprovando a eficiência da gasolina”, explica, afirmando que o lançamento é um marco para a indústria de combustíveis do país. "Conseguimos conjugar a venda de gasolina e ecologia com a primeira gasolina ecoaditivada do Brasil", comemora.

A gasolina DuraMais possui como aditivo um catalisador capaz de reduzir em até 50% o índice de poluentes emitidos pelos combustíveis fósseis. Isso acontece pela presença de uma nanotecnologia chamada GreenPlus, que reorganiza o combustível a nível molecular, otimizando a queima e acelerando a combustão, que passa a ser mais eficiente. O produto foi desenvolvido na Califórnia, nos Estados Unidos, pelo australiano Bill Carroll, que veio a Manaus para o lançamento da gasolina.

A gasolina ecoaditivada é utilizada no transporte público da Alemanha, virou política pública na Colômbia e está disponível ao consumidor em postos nos Estados Unidos e Argentina, além de países na Europa, Ásia e Oriente Médio. Em Manaus, a gasolina já está à venda, e chegará gradativamente aos postos de outros estados no Norte e Nordeste ainda em 2019.

Compromisso com o meio ambiente

Desenvolvida na Califórnia, nos Estados Unidos, pela empresa americana Biofriendly Corporation, a nanotecnologia GreenPlus foi agraciada com a ecoetiqueta da ONU no último mês de janeiro por conta da redução comprovada na emissão de poluentes. O criador da tecnologia, Bill Carroll, afirmou estar muito satisfeito pelo lançamento do combustível ser realizado na Amazônia. “É uma felicidade muito grande estar aqui! A GreenPlus é resultado de pesquisas e testes e está presente nos combustíveis usados em carros, caminhões e navios”, reforçou.

Além disso, a distribuidora do produto na América Latina, a empresa mexicana Horeb, também recebeu uma certificação da ONU, por sua contribuição à Agenda 2030, que é um plano de ação para erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir que as pessoas alcancem a paz e a prosperidade através dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). “Não adianta sair pelo mundo propagando a defesa do meio ambiente se não o fazemos na nossa empresa”, defende o diretor-presidente da empresa, Pedro Ceja.

"A importância da certificação contribui para o fato de que organismos das Nações Unidas estão reconhecendo tecnologias com os ODS através da etiqueta de zero resíduos e da ecoetiqueta para o produto", acrescenta Ceja. Segundo ele, a Horeb é uma das empresas que menos produzem resíduos no mundo e uma das primeiras certificadas pela ONU na América Latina por sua contribuição aos ODS de número 7 (Energia Limpa e Acessível), 11 (Cidades e Comunidades Sustentáveis), 12 (Consumo e Produção Responsáveis), 13 (Combate às Alterações Climáticas) e 17 (Parcerias em prol dos ODS).

Vitor Salviati, membro da Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (SDSN Amazônia), afirma que a iniciativa de colocar a nova gasolina no mercado é um ato colaborativo. “Por estarmos na maior floresta contínua do mundo, quanto menos pudermos agredir o meio ambiente, melhor. Iniciativas como essa, que envolvem empresas privadas, universidades, governos e outros são com certeza o melhor dos mundos”, afirmou.

Carros leves lideram emissões de dióxido de carbono no meio ambiente

De acordo com relatório Situação global do Transporte e Mudança Climática Global, apresentado na 24ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 24), em Katowice, na Polônia, o setor de transporte contribui com um quarto das emissões globais de gases de efeito estufa e, desde 2000, as emissões provocadas pelos transportes cresceram de 5,8 gigatoneladas de CO2 em 2000 para 7,5 gigatoneladas em 2016, volume 29% maior. O relatório foi elaborado por mais de 40 organizações internacionais que atuam em favor de transportes sustentáveis e de baixo carbono.

Os carros leves lideram as emissões de dióxido de carbono (CO2) com 45% do volume emitido. Em seguida, estão os caminhões, com 21%; aviões e navios, com 11%; ônibus e micro-ônibus, com 5%; triciclos e motocicletas, com 4%; e trens, com 3%. Ainda segundo o relatório, as emissões de carbono aumentarão de 40%, em 2015, para 56% a 72% em 2050. Os países em desenvolvimento, 29 entre os 40 pesquisados, serão responsáveis pela maior parte do aumento das emissões de carbono do setor de transporte.

Promoção de Lançamento

Para estimular os clientes a conhecer e comprovar os benefícios da gasolina ecoaditivada, os Postos deram início a uma ação compre e ganhe. Os clientes que abastecerem a partir de R$100 da nova gasolina, ganham um copo especialmente criado para a Duramais. A promoção acontecerá nos postos participantes enquanto durarem os estoques.

Nossa Energia Move a Amazônia

Ainda com enfoque na divulgação do novo produto, no domingo (14) o Grupo Dislub Equador promoveu a sexta edição do Festival Nema - Nossa Energia Move a Amazônia. Além de participar de provas de corrida, que percorreram por cinco e dez quilômetros os principais pontos turísticos do Centro de Manaus, o evento teve shows de artistas locais e nacionais, como a pernambucana Duda Beat e os mineiros do Jota Quest, e do acreano Adonay Brasil, às margens do rio Negro, no Porto de Manaus.

"O Grupo Dislub Equador acredita na transformação da sociedade através do esporte e da cultura e, ao longo de todas as edições já realizadas, vários artistas e atletas da Amazônia tiveram as carreiras impulsionadas através do apoio da empresa com a gravação de DVDs e a participação em outras ações. Além disso, mais de 10 mil atletas participaram das corridas pedestres, que já aconteceram em locais como a Ponte Phelippe Daou, Arena da Amazônia e Ponta Negra", destaca o gerente de marketing do Grupo, David Freidzon.

No Centro Histórico de Manaus, o evento reuniu mais de 3 mil pessoas entre o fim da tarde e início da madrugada para celebrar a apresentação oficial da Duramais.

Website: https://gasolinaduramais.com.br/

 

Tudo sobre: 

Contato