Em negocios / noticias-corporativas

Empresa utiliza tecnologia para aumentar a eficiência do processo e reduzir o preço do gás

O aplicativo está disponível em 18 estados brasileiros

Quando se fala em inteligência artificial, muitas pessoas lembram daqueles filmes de ficção científica que se passam no futuro. Mas a sua atuação está muito mais perto do que se pode imaginar, na cozinha, por exemplo. Isso acontece graças ao trabalho da ahgas, empresa que está presente no mercado desde 2009 e atualmente tem mais de 2500 clientes em 18 estados brasileiros. E, ainda que esse trabalho envolva um pacote de tecnologia de vanguarda desenvolvido exclusivamente pela empresa, ele tem preços acessíveis para todos os revendedores do mercado e não há dúvidas de que é um gasto que compensa, pois há um aumento médio de 30% nos seus ganhos. Esse tipo de trabalho também impacta no início da cadeia de distribuição de botijões gás, mercado que envolve entre 29 e 36 milhões de unidades mensais, ou seja, nas distribuidoras, já que toda a relação com o revendedor se torna mais eficaz, segundo informações dos sócios que desenvolveram o aplicativo.

A marca utiliza softwares para analisar os hábitos do usuário e de pessoas com perfis semelhantes para deduzir quando será preciso fazer uma nova venda de gás. Com isso, o consumidor não vai precisar sair correndo atrás de um fornecedor porque só se deu conta da falta do produto quando a água ficou fria durante o banho ou o fogão apagou na hora de fazer o almoço, já que ele é oferecido periodicamente. Isso possibilita ainda que o revendedor entre em contato com o cliente antes dos seus concorrentes e o fidelize. O pagamento também fica mais ágil e o melhor de tudo: o valor é reduzido, o que acontece porque todos os processos ficam mais eficientes e não há a necessidade de investimentos em divulgação e marketing, pois a ligação entre quem vende e quem compra o gás acontece de maneira automática. “Não temos números fechados por conta dos fatores externos, mas, de forma qualitativa, é sabido que ganhos de eficiência operacional e cortes de custos são repassados para o consumidor pelos agentes varejistas, em forma de redução de preço”, afirma Marcelo Da Barrosa, fundador e CEO da ahgás.

A utilização desse tipo de tecnologia permitiu ainda que o transporte dos botijões fosse modernizado. O profissional que está mais perto da residência do comprador e com melhores condições de fazer a entrega é localizado e recebe um pedido automaticamente no seu celular, evitando que haja problemas na sua comunicação com a base, estabelecendo rotas mais eficientes, reduzindo o tempo do processo e o gasto com os veículos. Um sistema também entra em cena para fiscalizar em tempo real os estoques, o que evita perdas, permite que os pedidos de abastecimento sejam programados e facilita a integração e a análise dos processos dos distribuidores. “E graças à automação das finanças, é possível controlar totalmente as movimentações e disponibilizar os resumos fiscais de maneira online para os contadores, eliminando a necessidade de planilhas e o gasto de papel, o que também é interessante quando se pensa no meio ambiente”, explica Da Barrosa. “Os processos burocráticos também são automatizados, permitindo que as notas fiscais sejam emitidas com poucos cliques pelo próprio celular dos entregadores”, acrescenta. Todos esses processos acontecem na nuvem, facilitando a aplicação de tecnologias de dados. 

Website: https://ahgas.com.br

 

Tudo sobre: 

Contato