Em negocios / noticias-corporativas

O que esperar do mercado das startups em 2019?

Com ótimas previsões, o mercado de startups promete bons negócios para o novo ano

As startups são empreendimentos que não sairão da mira dos investidores tão cedo. Tendo como marca inovação de serviços, normalmente utilizando como apoio a tecnologia, são empresas capazes de desenvolver processos mais ágeis e mais baratos.

Por conta de toda a mudança dentro do cenário político e econômico brasileiro, existe muita especulação sobre o que esperar em relação a novos negócios no ano que se inicia. Graças a 2018, as expectativas são as melhores. No ano passado, o mercado brasileiro de startups foi grande destaque ao conseguir seus primeiros unicórnios - startups que valem mais de um bilhão de dólares.

Não para por aí

Uma pesquisa realizada pela ABStartups, Associação Brasileira de Startups, trouxe mais boas notícias: de 2012 para 2018, o número de empreendimentos dobrou, saltando de 2519 startups para 5147. A Associação ressalta que o número pode ser ainda mais interessante - algo em torno de 10 a 15 mil, pois muitas ainda não estão cadastradas ou estão em fase inicial do projeto.

Embora o mercado de startups esteja repleto de empreendedores, existem diversos nichos que podem ser explorados quando aliados a tecnologia. “É um mercado amplo, que pode ser explorado de diversas maneiras. As soluções desenvolvidas podem atender as dores de clientes de diversos segmentos”, comenta Bruno Xavier, sócio-fundador da Tracktoor. “Ao escolhermos o nicho de construção civil, entendemos que estávamos nos aproximando de um mercado com muita demanda”, complementa.

Ideias diferenciadas valem ouro

Criada em 2014, a Tracktoor foi fundada com a intenção de facilitar processos entre locadores e locatários de equipamentos de construção. “Quando começamos a analisar o mercado mais a fundo, validamos uma de nossas iniciais: um dos maiores gastos nas obras é com o custo do frete de equipamentos, pelo fato de que, por falta de informações, o locador muitas vezes não consegue minimizar estes gastos com equipamentos. Isso sem contar com toda a burocracia envolvida, que dificulta todo o processo”, aponta Xavier.

Foi neste momento em que nasceu a ideia de desenvolver uma plataforma que facilitasse todo o processo e trouxesse resultados sólidos de economia. Todo o fluxo para cadastro ou procura das máquinas é muito simples e realizado através da plataforma.

Para aqueles que desejam disponibilizar máquinas para aluguel, basta cadastrá-las na plataforma e esperar pela solicitação de orçamentos. No caminho contrário, os locatários só precisam informar sua localização e qual tipo de máquina precisam para sua obra. Toda a interação é feita de maneira direta, sem intervenção de intermediadores.

Todos saem ganhando

Agilidade e otimização de ganhos são os da Tracktoor, ampliando a possibilidade de maior ganho, uma vez que conectam as pessoas certas com os negócios certos, levando em consideração a disponibilidade, preços e distância. Além disso, a plataforma não cobra mensalidades ou comissões sobre o serviço. Saiba mais: www.tracktoor.com.br

Website: http://www.tracktoor.com.br

 

Tudo sobre: 

Contato