Em negocios / noticias-corporativas

Clínicas de Recuperação de Adolescentes aumentam chances de cura

O tratamento de drogas precisa ser debatido, pois nos Estados Unidos, recentemente, constatou-se que quase 21 milhões de americanos com mais de 12 anos são dependentes químicos. A mídia tem cada vez mais reportado jovens que fazem uso de drogas ou até mesmo falecem por conta de uma overdose.

O tratamento de drogas precisa ser debatido, pois nos Estados Unidos, recentemente, constatou-se que quase 21 milhões de americanos com mais de 12 anos são dependentes químicos. A mídia tem cada vez mais reportado jovens que fazem uso de drogas ou até mesmo falecem por conta de uma overdose.

Muitos adolescentes e crianças, em torno de 8,7 milhões, com menos de 18 anos, convivem com pais dependentes químicos. A partir disso, é possível perceber que há uma influência e uma normalização no uso de drogas. Encaminhar um adolescente para o tratamento de drogas o mais cedo é o que aumenta as chances de curar o seu vício.

Como funciona o tratamento de drogas na adolescência

A dependência química é um problema que afeta cada vez mais pessoas, seja diretamente ou indiretamente. Quando é com um adolescente, a família sofre ainda mais por não saber como tratar e como lidar com esse assunto. Resolver o problema cedo aumenta as chances de uma recuperação que evite recaídas ou o agravamento do vício.

Os adolescentes que fazem uso de drogas não são todos os iguais, bem como o abuso e os tipos de droga também. Há uma combinação muito grande entre os adolescentes e a maneira com que abusam das drogas, bem como o álcool. Entender que há uma diversidade auxilia em um diagnóstico mais particular.

Não há um tratamento universal e que possa atender a todos os subgrupos de usuários.

Principalmente na adolescência fica difícil identificar se a utilização de drogas é só para experimentar, com maior frequência ou por conta de algum problema social, familiar ou educacional. Compreender se o adolescente possui o suporte da família ou não possui suporte algum também é um fator determinante no tratamento de drogas.

Por isso, o local em que se oferece o tratamento de dependência química deve utilizar métodos e abordagens diferentes para resolver o problema do uso de drogas. É necessário que se preocupe com o adolescente de maneira integral, cuidando da sua saúde física, psíquica, educação e social.

A preferência é encontrar um local que consiga unificar esse atendimento e tratamento, oferece-o de maneira integrada. O processo de ajuda fica muito mais difícil quando se faz terapia em um local, consulta um médico em outro, pois dificilmente o adolescente vai aderir e vai sentir resultados.

O objetivo dos tratamentos de dependência

A meta de qualquer tratamento em uma clínica de reabilitação deve ser a abstinência, pois não há pesquisa que demonstre que o uso de qualquer substância como álcool ou tabaco por adolescentes seja segura para a saúde do mesmo. A partir disso, é necessário buscar a desintoxicação, o que dificilmente em casa será possível. Em alguns casos, a necessidade é a remoção de dependentes químicos a fim de se ter uma internação involuntária, voluntária ou compulsória.

O tratamento, portanto, deve ser oferecido com abordagens multidisciplinares, o mais abrangente possível para curar todos os aspectos da vida do dependente químico. Integrar os tratamentos em um local é o que faz a diferença na hora dos resultados.

O primeiro passo é identificar o uso de substâncias químicas na adolescência e ser tratado o mais rápido possível. A intervenção quando feita traz benefícios para a vida do adolescente mesmo que ele ainda não seja dependente de alguma substância. Utilizar-se de consultas de rotina é uma boa maneira de verificar o uso de drogas nessa idade.

A pressão familiar, bem como intervenções judiciais, internação involuntária, possuem um papel importante na admissão, bem como na manutenção do adolescente no tratamento. O tratamento precisa ser analisado e indicado de acordo com as necessidades de cada adolescente.

O tratamento precisa ser individual e devem ser pensados baseados nas necessidades, variando suas abordagens, bem como uso de medicamentos, monitoramento, entre outros. O tratamento precisa atender as necessidades integrais do adolescente e o foco não deve ser apenas o uso da substância. É necessário pensar no tratamento familiar, bem como na educação.

A terapia comportamental é bem eficaz durante o tratamento de adolescentes, pois eles respondem bem ao incentivo motivacional, principalmente em relação a reforços positivos, que possam beneficiar o comportamento positivo.

O papel da família no tratamento

A família precisa estar inclusa no tratamento, pois é ela a responsável pelo adolescente. A clínica, hospital ou médicos não podem absorver essa responsabilidade. Em muitos casos, a família sofre junto e precisa do incentivo e da ajuda para que permaneçam fortes e aptos a cuidar do adolescente, bem como encaminhar para o tratamento e seguir orientações profissionais.

Para que o tratamento seja efetivo, é necessário verificar se há algum problema de saúde mental por parte do adolescente. A avaliação médica é muito importante nesse momento, visto que algumas doenças podem ser tratadas e assim trazer melhores resultados. Permanecer com o tratamento por um tempo e manter a continuidade é fundamental.

A Clínica de Recuperação Grupo Casoto oferece tratamento de drogas para adolescentes, com abordagens multiprofissionais que garante a recuperação do adolescente.

Terceirização de serviços de remoção particular e resgate para locomoção do paciente até a clínica de reabilitação de dependentes químicos desejada fazendo sua reabilitação seja do sexo Feminino , Masculina , Maior de Idade , Menor de Idade e Idosos.

Procure um clínica de recuperação para adolescentes todos dias nos telefones do site e também via Chat Online e WhatsApp.

Website: https://www.grupocasoto.com.br/

 

Tudo sobre: 

Contato