Em negocios / noticias-corporativas

Líderes do G20 entram em consenso a respeito da economia digital

A discussão sobre as moedas digitais e sua regulamentação, já estavam em pauta na cúpula passada. Desta vez, houve um posicionamento dos grandes líderes mundiais.

No último sábado (01/12), a cúpula do G20 reuniu as 20 maiores economias do mundo, em Buenos Aires - Argentina. Uma das pautas discutidas, foi a respeito da regulamentação das transações com criptomoedas que levou à assinatura em conjunto dos grandes líderes, na declaração a seguir relatada pela Gazeta Saudita:

“Um sistema financeiro aberto e resiliente, baseado em padrões internacionais acordados, é crucial para apoiar o crescimento sustentável. Continuamos comprometidos com a plena e oportuna e consistente implementação e finalização da agenda de reforma financeira acordada, e a avaliação de seus efeitos. Continuaremos a monitorar e, se necessário, enfrentar os riscos e vulnerabilidades emergentes no sistema financeiro; e, através de uma contínua cooperação regulatória e de supervisão, abordar a fragmentação. Esperamos continuar progredindo na obtenção de uma intermediação financeira não bancária resiliente. Vamos intensificar os esforços para garantir que os potenciais benefícios da tecnologia no setor financeiro possam ser realizados enquanto os riscos são mitigados. Regulamentaremos os ativos criptográficos para o combate à lavagem de dinheiro e o combate ao financiamento do terrorismo, de acordo com os padrões do GAFI e consideraremos outras respostas, conforme necessário.

Esta consideração, poderá facilitar a inserção das startups que levam a sério políticas contra corrupção e lavagem de dinheiro, para promover de maneira geral os serviços da economia digital. Uma empresa brasileira que ingressou nesse mercado e que possui essas políticas de segurança, é a Intertradec Exchange & Wallet, que tem como foco central tornar as transações digitais algo que possa fazer parte da realidade dos brasileiros, sem restrição de idade, classe social, nível de escolaridade e poder aquisitivo.

No entanto, ainda é incerto que as medidas propostas pela cúpula serão bem-sucedidas na prevenção de transações a nível de protocolo, uma vez que criptomoedas, como o Bitcoin, foram intencionalmente projetados para ser uma forma de dinheiro resistente à censura, sem fronteiras e politicamente neutras. 

Fonte: Saudi Gazette.

Website: http://intertradec.com.br

 

Contato