Em negocios / noticias-corporativas

Cirurgia robótica é alternativa eficaz para tratamento do câncer de próstata

Novembro azul traz o alerta para a doença e como a tecnologia ajuda na retirada dos tumores na próstata

Hoje, o câncer de próstata é o segundo com maior índice de morte entre os homens brasileiros acima dos 50 anos com estimativa de 60 mil novos casos segundo o INCA. Uma das melhores formas de tratamento disponível para esses casos se dá com as possibilidades que a cirurgia robótica oferece ao médico.

Através de incisões minimamente invasivas, imagem 3D em alta definição e outros diferenciais da tecnologia, o especialista consegue visualizar e extrair o tumor com mais facilidade. Desta forma, a cirurgia robótica tornou-se um grande aliado tanto do médico quanto do paciente, já que a cirurgia é essencial para que o tratamento da doença seja eficaz e completo.

"A cirurgia robótica firma-se como a melhor opção de tratamento também por proporcionar a redução do tempo de recuperação pós-cirúrgica, diminuição da dor na área operada e aumento do alcance em áreas de difícil acesso, entre outras funcionalidades", explica o dr. Raphael Rocha, urologista e cirurgião do Hospital São Lucas Copacabana.

O robô também consegue reproduzir com precisão e segurança os movimentos que o cirurgião faria durante a operação - isso funciona porque o médico permanece em uma mesa, guiando os braços e pinças do robô de forma remota durante toda a cirurgia. Segundo o dr. Raphael, um dos grandes pontos positivos da tecnologia no caso do câncer de próstata é que a máquina consegue preservar os pequenos nervos e vasos sanguíneos responsáveis pela incontinência urinária e a ereção. A cirurgia robótica diminui as chances de sequelas pós-cirúrgicas, favorecendo o bem-estar do paciente.

 

Contato