EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em negocios / noticias-corporativas

Programa de inclusão educacional lança curso de Libras na condição Pague o quanto puder

Para contribuir com a inclusão do surdo na sociedade, e com o objetivo de preparar profissionais Intérpretes de Libras para esse mercado em expansão, o Programa Estudo para Todos disponibilizará a partir do mês de julho o curso de Letramento em Libras I na condição pague o quanto puder.

De acordo com o  IBGE, o Brasil possui atualmente cerca de  9,7 milhões de surdos. No entanto, foi somente em 2002, através da sanção da Lei n° 10.436, que a Língua Brasileira de Sinais (Libras) foi reconhecida como meio legal de comunicação e expressão no Brasil.  Considera-se pessoas com surdez aquelas que possuem perda auditiva bilateral, parcial ou total, de quarenta e um decibéis (dB) ou mais.

No dia a dia é comum que se encontre esse público cada vez mais presente em shoppings, parques, escolas, universidades, empresas, intuições públicas e privadas.  Porém, a acessibilidade para os surdos ainda é um grande desafio pois eles dependem do intermédio do profissional tradutor ou intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras), mas a escassez desse profissional no mercado, vem dificultando uma maior inserção dos surdos na sociedade.

De fato, a demanda por profissionais intérpretes de Libras é bem superior ao número de profissionais aptos para exercerem essa função. São inúmeras as possibilidades de trabalho para esses profissionais que, além de trabalharem em escolas e universidades, eles também podem atuar em diversas atividades como: conferências, congressos, produção de materiais audiovisuais, produção de materiais bilíngues, etc. Além disso, muitos intérpretes atuam também na área da saúde, em empresas de médio e grande porte, em emissoras de TV, e entre outras empresas e instituições que se preocupam com o bem estar e a inclusão dos surdos onde eles estiverem.

Para contribuir com a inclusão do surdo na sociedade, e de olho nesse mercado em expansão e repleto de oportunidades, o Programa Estudo para Todos disponibilizará a partir do mês de julho o curso de Letramento em Libras I na condição pague o quanto puder, com isso, todos os interessados poderão pagar o quanto puder para iniciar seus conhecimentos em Libras e assim, ampliarem suas possibilidades no mercado de trabalho.

“É de extrema importância darmos uma maior atenção às pessoas com surdez e tornarmos mais acessível a formação de profissionais Intérpretes de Libras.”, afirma o gerente de expansão do Programa, Renan Floriano de Siqueira.

De acordo com a Relação Anual de Informações Sociais (Rais) 2015, aproximadamente 80 mil pessoas com deficiência auditiva possuem carteira assinada no Brasil. Dados do Ministério do Trabalho também apontam que a surdez é a segunda deficiência com maior nível de empregabilidade no mercado formal. Dessa forma, é cada vez mais importante tornar mais acessível a formação de profissionais com conhecimento em Libras.

O curso de Letramento em Libras I, é composto por 20 videoaulas onde são ministradas lições como: a comunicação em libras, ou comunicação visual que é manifestada pela linguagem verbal e não verbal; os processos de construção das palavras para conversas, tais como os sinais nativos, sinais não nativos (ou empréstimo linguísticos) e outras lições importantes para a inclusão do surdo dentro do espaço onde ele estiver.

Os interessados em iniciar o curso, também poderão indicar seus amigos, através do aplicativo Estudo para Todos, para também terem acesso ao curso nessa condição pague o quanto puder. Para quem indicar, o aplicativo ainda destinará parte do valor pago pelo curso como recompensa pela indicação realizada.

Mais sobre o Programa Estudo para Todos

O Estudo para Todos tem como principal missão democratizar a todos uma educação com qualidade em todo o país.

Cada participante do programa tem a oportunidade de ingressar em um curso profissionalizante, técnico, uma graduação, ou até mesmo uma pós-graduação e pagar um preço justo por um desses cursos.

No Brasil, para se promover uma educação com qualidade, o investimento em marketing realizado por instituições privadas representa em torno de 20 a 30% do valor de venda do curso. Em paralelo a essa realidade, o Estudo para Todos acredita que, ao invés de destinar essa verba para anúncios convencionais, essa verba pode ser compartilhada com quem realmente se preocupa com a evolução profissional de seus amigos e familiares fazendo com que eles também façam parte dessa corrente do bem do Estudo para Todos.

Dessa maneira, com o objetivo de incentivar o espírito empreendedor em seus usuários e também servir como uma fonte de geração de renda extra, o Estudo para Todos também dá a oportunidades deles se tornarem “Embaixadores da educação”, onde ao indicar um amigo através do aplicativo para fazer um curso com uma condição especial, o usuário ganhará uma comissão por cada indicação que efetuar a matrícula.

Website: http://estudoparatodos.com.br/pwyw/

Website: http://estudoparatodos.com.br/pwyw/

Contato