Em negocios

As 3 melhores cidades no exterior para expandir seu negócio

Em meio às incertezas geradas pela crise econômica pela qual o país passa, empresários vêm buscando formas alternativas de melhorar suas condições financeiras

Miami - imóveis
(Thinkstock)

SÃO PAULO - Em meio às incertezas geradas pela crise econômica no Brasil, os empresários vêm buscando formas alternativas de melhorar as condições financeiras de suas empresas. Para tanto, uma opção é expandir as operações para o exterior ou transferi-las para outro país.

“Existem diversas vantagens de abrir um negócio no exterior como, por exemplo, diversificar a atuação, colocando seu produto ou serviço em novos mercados para não depender tanto do faturamento no Brasil, que pode sofrer com a volatilidade gerada pelas incertezas econômicas e políticas associadas ao país”, afirma Leonardo Freitas, especialista em expatriação e sócio fundador da consultoria Hayman-Woodward.

Ele avalia que a geração de receitas em moedas fortes como dólar, euro ou libra é sem dúvidas uma vantagem nesse momento. Algumas cidades fora do país “atuam com uma estrutura menos burocrática, carga tributária menor, processos mais ágeis, melhor infraestrutura, regras mais claras, respeito aos contratos e mercados com forte potencial de crescimento", justifica Freitas.

Assim, ele elencou as três cidades mais acessíveis (tanto burocrático, como economicamente) para abrir um escritório corporativo no exterior e suas vantagens:

1. Miami

É a cidade mais desburocratizada de todas, segundo Freitas. “É a que mais oferece incentivos e em até três dias é possível começar seu negócio legalmente”, conta Freitas. É possível abrir uma empresa sem muita burocracia, ou alugar um escritório que pode ser feito online, de forma simples”, explica o especialista.

“Além disso, a Miami está se tornando um dos maiores centros financeiros dos Estados Unidos sendo uma ótima opção para expandir um negócio”, completa Freitas.

2. Dublin

A capital da Irlanda vem crescendo em atratividade para os negócios e é uma ótima opção para abrir um escritório, de acordo com Freitas.

“O país conta com o fato de pertencer à União Europeia e oferecer ótimas condições locais para abrir empresa e se instalar de forma rápida e eficiente”, afirma Freitas.

Segundo ele, com a saída do Reino Unido da zona do Euro, Dublin ganha potencial e deve crescer ainda mais, "sendo um local estratégico na Europa para estar fisicamente presente e desenvolver negócios".

3. Londres

O especialista selecionou Londres também como uma ótima opção para expandir montar um novo escritório da empresa devido as facilidades e condições locais.

“O local oferece boa fluidez na parte de abertura de empresas”, afirma Freitas. Ele afirma que a burocracia é menor e em menos de uma semana é possível estar com tudo pronto para iniciar o negócio.

Londres oferece facilidade quanto ao aluguel de um escritório comercial, com diversas opções online para fechar locação, tendo à disposição escritórios montados com todos os serviços de telefonia, internet e estrutura para suporte corporativo.

Para selecionar as cidades, os critérios que o especialista utiliza são técnicos, com uma minuciosa análise de dados econômicos e financeiros, disponibilizados por fontes oficiais. Além disso, a empresa faz uma interpretação das informações e do cenário com base na experiência de negócios nos Estados Unidos, Canadá, Brasil, Europa e Ásia”, explica Freitas.

 

Contato