Em negocios

Cuidados na escolha da localização do imóvel

Empresário deve pesquisar com calma a região onde instalará seu empreendimento e avaliar os riscos associados à instalação da sua empresa naquele local

arranha-céus - Nova York - Manhattan - imóveis
(Getty Images)

Como o sucesso de um empreendimento, em boa parte, está atribuído à sua localização, não resta dúvida de que o empresário deve conduzir uma ampla pesquisa antes de escolher o imóvel onde pretende instalar sua empresa.

Essa pesquisa deve ajudar na identificação dos riscos, incluindo desde uma pesquisa detalhada do poder aquisitivo dos consumidores até a análise do fluxo de pedestres e veículos, assim como seus respectivos hábitos de compras.

Com base nisto, pode-se constatar, por exemplo, que, para uma empresa prestadora de serviços, o ideal é estar perto de seu público-alvo, enquanto a indústria deve estar mais atenta à logística de transporte, com vistas ao fluxo de veículos de carga de matéria-prima e produtos acabados.

O mesmo vale para as empresas que atuam no setor de comércio, em que o sucesso do negócio depende ainda mais diretamente da localização da empresa, seja ela em loja de rua ou de shopping, na região central ou em bairro, galeria ou calçada etc.

Pontos mais importantes
Na hora de escolher onde localizar o seu negócio, o empresário deve levar em consideração: acesso ao local, concorrência, poder aquisitivo do público-alvo e, é claro, os custos envolvidos. Não esqueça de avaliar a proximidade do local de sua escolha de alguns serviços essenciais como bancos, correios e restaurantes, pois isso pode fazer a diferença na rotina da empresa.

O ideal é que você mapeie os locais de sua escolha com base nestas variáveis, antes de tomar a sua decisão. Pese os prós e contras de cada uma de suas escolhas e só ai tome a sua decisão.

  • Acesso ao local
    Dependendo do tipo de negócio que for abrir, você precisa estar mais perto dos clientes ou dos fornecedores. Mas, em ambos os casos, uma coisa é certa: o acesso ao local é uma variável importante da sua escolha, não só por causa dos clientes e fornecedores, mas também por causa dos funcionários.

    O acesso facilitado a ônibus, metrô ou carro e, nesse último caso, a oferta de estacionamento, são pontos importantes na sua decisão.

    Vale a pena se informar junto à prefeitura sobre a existência de planos de grandes obras de infra-estrutura na região. Ter o acesso à sua loja prejudicado por causa do alargamento de uma rua ou construção de um túnel pode ser extremamente prejudicial ao seu negócio.

  • Concorrência
    Esse é outro item que necessita ser analisado com cuidado, uma vez que pode ser visto por ângulos diferentes. Isto é, o empreendedor pode tanto decidir procurar um local onde o seu produto ou serviço possa ser uma novidade, como pode acabar se instalando nas conhecidas "ruas temáticas", onde lojas do mesmo segmento ficam lado a lado umas das outras. Afinal de contas, como diz o velho ditado, "se você não pode contra eles, junte-se a eles".

    Desde que você esteja convencido de que tem um bom produto, localizar-se perto da concorrência pode ser a melhor opção. Competição é algo saudável no mundo dos negócios, já que obriga o empresário a ficar sempre atento à eficiência do seu negócio. Mas é importante que você faça a sua própria pesquisa. Afinal, é possível que haja oportunidades melhores.

    Lembre-se: a concorrência pode ter se instalado naquele local há anos e, diante dos custos elevados de transferência, pode ter optado por permanecer no local, mesmo havendo melhores localizações.

  • Poder aquisitivo dos clientes
    O poder aquisitivo do público-alvo certamente irá ditar se o local é propício ou não ao novo negócio. No caso de produtos de menor valor agregado, cuja margem de retorno pela venda de uma unidade é mais baixa, em geral vale mais a pena optar por uma loja de bairro, onde os custos são mais baixos.

  • Custos
    Um dos erros mais comuns na abertura de um negócio é subestimar os custos de instalação da sua empresa. Em boa parte estes custos estão diretamente associados à escolha do local onde pretende abrir a empresa.

    No caso do comércio, por exemplo, existe muita discrepância no custo de locação (ou compra) de pontos comerciais localizados em rua ou em shopping. Por mais que a infra-estrutura e a segurança oferecidas pelos shoppings sejam melhores, é preciso avaliar se os custos adicionais valem a pena. Afinal, em geral, o aluguel de uma loja nos shoppings é muito maior.

    Como um shopping nada mais é do que um condomínio de lojistas, as regras de funcionamento e operação são estabelecidas em conjunto por todos. Por sua vez, na loja de rua o lojista tem muito mais liberdade de gestão do estabelecimento, podendo definir ele mesmo como e quando irá investir em campanhas promocionais, redecoração da loja etc.

    Raciocínio semelhante vale para os chamados prédios inteligentes. Ainda que, no mundo atual, seja impossível pensar em crescimento da sua empresa sem contemplar o uso de tecnologia, é preciso avaliar se alugar um imóvel em um edifício ultra-moderno, que oferece tecnologia de ponta, mas cujo aluguel é cinco vezes maior, realmente vale a pena neste estágio do negócio.

    Por mais que mudar de escritório seja cansativo e custoso, essa pode ser uma solução mais indicada do que, desde o início, arcar com um imóvel maior (e mais caro) do que aquele que a sua empresa necessita.

Mas, e o imóvel?
A análise acima não leva em consideração o imóvel em si. Esse é um ponto extremamente importante, que deve pesar na sua decisão. O estado de conservação do imóvel é muito importante, pois pode aumentar ou diminuir os custos de abertura do negócio.

De nada adiantaria todo esse trabalho para pesquisar o melhor ponto comercial, se você acabar alugando um local em que não poderá explorar a fachada, ou que possua uma divisão da área interna e condições de iluminação insatisfatórias.

Independentemente do ramo de atividade da empresa, existem alguns aspectos fundamentais comuns a todos os negócios. O primeiro deles é verificar se o local é legalmente compatível com a atividade. Verifique também se a documentação do imóvel, no caso de aluguéis, está toda em ordem, e não deixe de checar e, se for o caso, solicitar, as licenças de funcionamento, como vigilância sanitária, vistoria do Corpo de Bombeiros etc.

Todo cuidado é pouco para garantir o sucesso do seu novo negócio. Na dúvida, seja sincero consigo mesmo e pergunte-se: qual a imagem que as pessoas terão ao virem à sua empresa? Caso não esteja seguro de que a impressão será boa, procure entender o porquê, e reveja sua decisão quanto à localização.

 

Contato